quinta-feira, 12 de março de 2015

Batisti na cadeia. O terrorista que inspira petistas está preso e será deportado.

Depois de sucessivas derrotas no Congresso, a presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quarta-feira a ampliação da coordenação política, atualmente integrada por seis ministros petistas, com a incorporação do PMDB, PCdoB e PSD. Segundo Dilma, os ministros Eliseu Padilha (Aviação Civil), Aldo Rebelo (Ciência e Tecnologia) e Gilberto Kassab (Cidades) se juntarão a Aloizio Mercadante (Casa Civil), Pepe Vargas (Relações Institucionais), Miguel Rossetto (Secretaria-Geral), Jaques Wagner (Defesa), Ricardo Berzoini (Comunicações) e José Eduardo Cardozo (Justiça), nas reuniões de articulação do governo.É o que diz O Globo. Dos 39 ministérios, o que é um exagero sob qualquer análise, 20% vai fazer conchavos, politicagem e armações. Um país assim não pode dar certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário