terça-feira, 24 de março de 2015

Babilônia

A postagem abaixo foi publicada no blog na data citada lá. Ela reflete o confuso quadro pré-eleitoral de 2012. Lembrem-se do que aconteceu ao prefeito Lula Sampaio. Confesso aos leitores que eu sentia nojo de escrever. Mas cumpria com o meu dever. Contudo, assim como o panorama local, eu colocava as coisas de pernas para o ar - me divertia, ao menos. É uma comédia. Eu resumo dizendo que nunca vi tanta gente junta se estranhando e fingindo que se entendia. Para se ter uma ideia, basta imaginar Raimundo Pimentel admitindo apoiar Alexandre Arraes e Valdeir Batista admitindo que apoiaria Pimentel.
Quem acompanhava o quadro bem de perto já sabia que a chapa oficial seria Alexandre Arraes/Valmir Filho. Valmir era o melhor situado nas pesquisas mas atenderia a pleitos superiores para possibilitar um rápido e consistente crescimento de Alexandre Arraes. Assim se deu.
Raimundo Pimentel detonou Lula Sampaio e assumiu seu posto no comando da oposição local. Ou seja: Quase todos se deram bem com aquele episódio degradante da política municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário