terça-feira, 16 de setembro de 2014

Pernambuco tem o melhor museu da América Latina e um dos 25 melhores do mundo

;
Instituto Ricardo Brennand, em Recife.


Dois museus brasileiros -- um em Pernambuco e outro em Minas Gerais -- ficaram entre os mais bem avaliados do mundo por turistas em um ranking divulgado nesta terça-feira pelo site TripAdvisor.

O Instituto Ricardo Brennand, em Recife, ficou no 17° lugar na lista dos 25 melhores museus do planeta, acima inclusive do famoso Louvre, em Paris, que ficou no 19° lugar. O segundo representante brasileiro no ranking, Inhotim, em Brumadinho, ficou na 23ª posição.

Os vencedores foram escolhidos um algoritmo que levou em conta a quantidade e a qualidade das avaliações dos museus ao longo de um período de 12 meses. São mais de 170 milhões de avaliações em toda a plataforma.

O Instituto Ricardo Brennand e Inhotim também foram eleitos os dois melhores museus da América do Sul.
Na lista sul-americana, 12 dos 25 listados ficam no Brasil, a maioria no estado de São Paulo. São seis em solo paulista: os museus da Língua Portuguesa, da TAM, do Futebol, a Pinacoteca, o Catavento e o Masp.

Os dois melhores
O Instituto Ricardo Brennand, de Recife, desbancou até o Louvre, de Paris.

Réplica de um castelo medieval europeu, o Instituto Ricardo Brennand abriga, entre outros itens, armas e armaduras provenientes da Europa e da Ásia. Sua pinacoteca exibe o maior acervo do pintor holandês Frans Post.

Já Inhotim, que fica a 66 km de Belo Horizonte, é um museu a céu aberto: ocupa uma área de 110 hectares de jardins botânicos com plantas exóticas, lagos artificiais e pavilhões com esculturas, pinturas e instalações. Tunga, Adriana Varejão, Cildo Meireles e Helio Oiticica estão entre os artistas com obras no acervo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário