sábado, 20 de julho de 2013

Médicos endurecem o jogo após serem despespeitados.

Entidades médicas reagem ao Mais Médicos e deixam comissões do governo

Flávia Perry, O Globo

Quatro entidades que representam os médicos se preparam para travar uma guerra contra o governo por causa do programa Mais Médicos, após decisões que eles classificam como “autoritárias” e que atropelaram os debates com a classe. Elas anunciaram, nesta sexta-feira, que deixam de participar das comissões e grupos de trabalho do governo que fazem parte. Além disso, as entidades estão preparando ações judiciais questionando o Mais Médicos.

A Federação Nacional dos Médicos (Fenam), o Conselho Federal de Medicina (CFM), a Associação Médica Brasileira (AMB) e a Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR) justificam que decidiram sair dos grupos após o governo agir de forma “unilateral e autoritária”. Eles afirmam que suas propostas foram tratadas com indiferença nos conselhos e grupos.


Leia mais em Entidades médicas reagem ao Mais Médicos e abandonam comissões do governo federal

SAIBA QUE:
1) O PT completará 12 anos no poder sem resolver a o problema da carência de médicos. Por ganância, apenas autorizou a criação de faculdades particulares em lugares inviáveis, deixando de ampliar as vagas e melhorar o ensino onde a saúde é avançada e as instituições formam bons profissionais de medicina;

2) Enquanto a Espanha, Portugal e todos os países europeus só aceitam brasileiros para trabalhar de prostituas ou faxineiras, negando empregos decentes, a presidente Dilma faz o contrário, esquecendo a lei reciprocidade;

3) Enquanto o PT sucateava as universidades públicas, pais gastavam o orçamento doméstico para formar filhos em medicina;

4) Como sabe que esses profissionais não serão bajuladores do regime em implantação no País, Dilma decidiu retaliar, ameaçando com  a importação de cubanos, médicos escravizados lá e em qualquer parte, pois trabalham pela comida, enquanto o governo cubano exige que seu salário seja depositado numa poupança cuja finalidade é sustentar a corrupção e o luxo de uma casta, para que mantenha seus privilégios sufocantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário