terça-feira, 23 de julho de 2013

Joaquim Barbosa evita cumprimentar Dilma. Teria aplicado a Lei da reciprocidade.


Em eventos recentes, a presidente Dilma chegou a ficar quase uma hora sentada ao lado de Joaquim Barbosa sem dirigir-lhe a palavra e ainda teria feito comentários em virtude de cor, em momentos posteriores. Mesmo estando diante do Papa Francisco, o presidente do Supremo não se conteve e aplicou a lei da reciprocidade: 'Gelo' para todo o planeta ver e comentar.
De falsidade ele não pode ser acusado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário