terça-feira, 30 de julho de 2013

ETE de primeiro mundo: Eduardo Campos inaugura o 'futuro' em Araripina


Com entusiasmo juvenil e fôlego de maratonista, o governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos (PSB), cercado de jovens e 'escoltado'  por um exército de políticos aliados deu por inaugurada, na noite de ontem (29/07), a ETE de Araripina, um equipamento de ensino com estrutura e cara de primeiro mundo, que em nada nos remete ao que hoje conhecemos em qualquer parte do Brasil.
A ETE Pedro Muniz Falcão, erguida no Alto da Boa Vista, bairro mais populoso de Araripina, deixa para trás em termos de estrutura e equipamentos as mais caras e badaladas escolas particulares do Nordeste e do Brasil. Em Recife, por exemplo, nem procurando com lupa se encontrará uma escola com seis laboratórios, quadra coberta, tanto espaço adequado e requinte.

Mais apoio ao anfitrião, parente e prefeito Alexandre Arraes: Mais obras de impacto anunciadas para a região.

Com discurso de presidenciável, tão ou mais entusiasmado que outro feito no já longínquo 2005, na biblioteca da AEDA, quando ainda não chegava a 4% da preferência dos pernambucanos para governar o estado, Eduardo Campos fala de educação como se estivesse na Korea do Sul e espera de nossos jovens o mesmo resultado alcançado no País asiático, que investiu pesado em escola e tecnologia e hoje colhe os frutos. "A inauguração do que entregamos hoje só vai acontecer daqui há dez anos, quando os jovens começarem a colher os frutos do que aprenderam", resumiu profético, para surpreender ainda mais a plateia: "Esta obra é mais importante do que as indústrias, estradas, portos e tantas outras obras que surgiram na nossa administração e nos colocam como o gestor mais bem avaliado do País". "Esta escola vai dar aos jovens mais carentes o mesmo futuro que escolas caras da capital e do exterior dão aos filhos de pessoas das classes mais alta". "Abracem essa escola, agarrem a oportunidade", repetia, dirigindo-se sempre a alunos e professores presentes. A Escola que encantou a todos oferecerá ensino técnico e será integral, assim como a maioria das equipamentos  que o governo do Estado está construindo e inaugurando, provavelmente para se transformar em bandeira de campanha e plataforma de governo - rumo ao Planalto. A ETE Pedro Muniz Falcão custou mais de R$ 7 milhões e os equipamentos elevarão este custo para R$ 10 milhões, sem contar o valor do terreno, doado ao estado por João Bosco Lacerda, ex-prefeito de Granito e amigo pessoal de Eduardo Campos, de quem recebeu calorosa homenagem e agradecimento público.



OBSTINAÇÃO E MUITA MOTIVAÇÃO

Revolução silenciosa: Jovens e governante se entendendo sobre o futuro, e se ouvindo.

Já no penúltimo ano de seu segundo mandato à frente do governo de Pernambuco, Eduardo Campos seduz os eleitores, sobretudo a juventude que em outros cantos tomam as ruas em protesto, mais pela capacidade de arranjar alegria no fundo da alma e do corpo cansado de longa maratona do que propriamente pelas inúmeras obras que entrega. O neto de Arraes é de fato um obstinado, alguém que nasceu diferente da grande maioria, um ser que vai buscar inspiração e vontade de transformar onde menos se imagina e poucos sabem que existe. Parece um ritual. Ele chega aclamado, distribui abraços e beijos, tira fotos à vontade, é convidado a compor a mesa como figura central, olha em volta e começa a corrigir as falhas do cerimonial, apontando discretamente na direção dos que deveriam está ao seu lado (alguma forma de gratidão ou reconhecimento), mas ali não estão. Em seguida, um a um, os velhos e novos aliados vão sendo chamados ou anunciados. Em seguida abaixa a cabeça, ouve discursos, cruza informações com assessores e  na hora de falar faz uma PALESTRA MOTIVACIONAL, onde aparecem números, informações precisas, citações e sobretudo fé no futuro, aquela fé que as massas precisam para seguir em frente com confiança e vontade de transformar.
Eduardo é mesmo diferente da maioria dos políticos. Tão diferente quando a escola que acaba de entregar no bairro mais populoso de Araripina se comparada às demais escolas do País. Ou tão diferente quanto a nova perimetral e a estrada asfaltada de Rancharia, se confrontadas com a realidade anterior.

MARATONA
O governador chegou ontem à noite em Araripina já vindo de Petrolina, o lugar mais 'cheio de direitos' e exigente de Pernambuco, onde uma UPA Especialidades foi entregue à comunidade junto com outras obras. Hoje Eduardo Campos percorre outras cidades do Araripe,  inaugurando obras em Trindade, Ipubi, Exu, Bodocó e Ouricuri.

Nenhum comentário:

Postar um comentário