terça-feira, 16 de julho de 2013

Era uma vez

A pesquisa CNT/MDA aponta que 44,7% dos entrevistados não votariam em Dilma "de jeito nenhum". Acima de 40% de rejeição, é praticamente impossível um candidato ser eleito.
O governo da presidente Dilma Rousseff é avaliado de forma positiva por 31,3% dos entrevistados. No último levantamento, em junho, o porcentual era de 54,2%. A avaliação negativa do governo atual subiu de 9% em junho para 29,5%. Positivo e negativo estão meio a meio.
Com este quadro, uma união das oposições tem plenas condições de derrotar Dilma no segundo turno. Eleitor é bicho complicado, mas já deu para entender que Dilma não deu pro gasto. Em números arredondados, o placar do primeiro seria o seguinte: Oposições 43% x Dilma 33%, com tendência de quadro terminal do 'poste'.

Nenhum comentário:

Postar um comentário