sexta-feira, 28 de junho de 2013

Estrondo de São João leva a uma reflexão: O parque de eventos já está pequeno?


O São João de Araripina, que ganhou a 'configuração' atual em 1993, no governo Dionéa Lacerda, gestora que tomou a decisão de fazer uma festa de massa e ao mesmo tempo resgatar e valorizar as tradições locais, com o são João/Quadrilha dos Bairros e distritos e muito apoio aos artistas locais, em pouco tempo foi forçado a sair da Avenida Antônio de Barros Muniz. A transferência para o Parque de Eventos, fora da cidade, mas com amplo espaço, foi uma 'imposição' da grandiosidade do nosso principal evento festivo, e mais famoso em todo sertão do estado. Já não havia espaço nem condições de por à disposição do povo uma logística adequada no centro da cidade, quando Bringel tomou a decisão de adequar o Parque Três Vaqueiros.
No momento atual, com a decisão do prefeito Alexandre Arraes de trazer artistas consagrados nacionalmente e a consequente superlotação do espaço, já cabe uma nova pergunta: O parque ficou pequeno? A resposta pode ser sim. Mas também pode ser não. O local é muito grande e pode ser ampliado, sobretudo na área reservada à 'moçada', entre o palco e as barracas. Talvez, nem o mais otimista dos araripinenses tenha imaginado que algum artista ou banda conseguisse levar tamanha multidão a um só lugar. Mas conseguiu. Nem mesmo a maior distância separando barracas da quadra de dança foi suficiente para evitar tamanha aglomeração  - 'Mais de 40 mil por noite', segundo organizadores entusiasmados. A organização impecável no parque e a qualidade das atrações conspiraram favoravelmente e um mar de visitantes transformou a rotina  de Araripina. Difícil era reconhecer grande parte das pessoas nas ruas em horários que antecediam as noitadas. Ainda não foi feita uma pesquisa no parque para determinar o percentual de araripinenses e de visitantes na cidade, mas a olho nu fica a impressão de um autêntico meio a meio.

Zezé de Camargo e Luciano disputam com Aviões do Forró o troféu  "Mais Gente eu Levei ao Parque Três Vaqueiros"

ISTO É BOM E CONSOLIDA
Gente na cidade é dinheiro circulando, para quem vive do comércio e dos serviços; gente na cidade é alegria para todos; e gente na cidade é alimento para a alma daqueles que levam rotinas desgastantes de trabalho. Enfim, só pontos positivos. Não é por outro motivo que Paris e Nova Iorque lutam e investem para ter sempre um visitante para cada morador circulando pelas ruas.
Com o devido pedido de desculpas pela comparação ufanista, cabe o reforço. Araripina vem acertando na dose e erraram aqueles que se colocaram contra o evento agora e antes, e até chegaram a inventar notícias desagradáveis  na tentativa inglória de tirar o brilho ou afastar o público festeiro do parque. O São João está consolidado e o prefeito Alexandre Arraes acertou na dose e na decisão, deixando sem discurso os   pessimistas de plantão que pregavam NÃO À SÃO JOÃO em virtude de fatores climáticos dos quais nunca iremos nos livrar, certos de que também voltariam com outra cara para criticar a não realização, caso o pessimismo prevalecesse. Fica então a lição: Nenhum gestor ou candidato, de agora em diante, está autorizado pelas ruas a cogitar acabar ou sequer encurtar nossa maior festa, seja porque nos alegra, seja porque nos fortalece, ou seja, como regra de mercado, porque faz o dinheiro circular no comércio.

Parabéns Araripina! Ninguém bate o nosso povo quando o assunto é receber bem e festejar com alegria verdadeira e contagiante. E mais do que isso, ninguém toma da capital do gesso o título de MELHOR SÃO JOÃO DO BRASIL. Como já foi dito e repetido, Caruaru e Campina Grande estão em guerra para faz o maior, pois para fazer o melhor é preciso está fincado no sopé da Chapada do Araripe, ter sido pisado e cantado por Luis Gonzaga e ter frio e garoa em pleno polígono das secas. Mais ainda: É preciso ter gente bonita e alegre que trabalha honestamente, e que faz oração, mas convicta  sempre de que festejar com respeito aos princípios humanos é bom e faz bem ao coração e a alma.
Viva Araripina! Viva São João!

"Olha pro céu meu amor"...  Sorria! Você teve a sorte de passar um São João em Araripina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário