terça-feira, 30 de novembro de 2010

PT queimando o nome de Fernando Bezerra. 2014 já começou.

O Jornal o “Globo” desta terça-feira, na coluna assinada por Ilimar Franco, afirma que o PT estaria trabalhando nos bastidores para impedir que o secretário estadual de desenvolvimento econômico, Fernando Fezerra, vire ministro da Integração Nacional do governo Dilma.
Como Ilimar Franco nunca engole lorota de fontes suspeitas, o que existe de fato já é uma queda de braço antecipando a eleição de governador de 2014. Com FBC turbinado pelo Ministério, e sendo do PSB de Eduardo Campos, certamente será candidato a governador. O PT agora tem Humberto Costa com 8 anos de mandato e nada a perder; e João Paulo tendo sua ultima chance de disptar o Palácio. Já o PTB conta com Armando Monteiro, que também tem 8 anos de mandato de senador pela frente e mais nem um segundo a esperar.
O que se fala é que João Paulo se aliará a Jarbas Vasconcelos para ser candidato contra as forças que atualmente governam.

PEC 300 - Pela unificação da remuneração dos policiais brasileiros. Se você é policial, vote na enquete ao lado e indique-a para todos da categoria.

Entenda a PEC 300, que aumenta o piso nacional da categoria para cerca de 3.500 Reais em início de carreira.
Proposição: PEC-300/2008

Autor: Arnaldo Faria de Sá - PTB /SP
Data de Apresentação: 04/11/2008
Apreciação: Proposição Sujeita à Apreciação do Plenário
Matérias sujeitas a normas especiais: Especial

Ementa: Altera a redação do § 9º do art. 144 da Constituição Federal.

Explicação da Ementa: Estabelece que a remuneração dos Policiais Militares dos estados não poderá ser inferior à da Polícia Militar do Distrito Federal, aplicando-se também aos integrantes do Corpo de Bombeiros Militar e aos inativos. Altera a Constituição Federal de 1988.

Alguns governadores estão lutando para obstruir a votação da Emenda, a pedido da presidente eleita Dilma Rousseff. Faça a sua parte.


Lula "esculhamba" repórter no Maranhão para defender família Sarney
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se irritou nesta terça-feira ao ser questionado se agradeceria à "oligarquia Sarney" pelo apoio dado durante seu governo.

Na cerimônia que marcou o fechamento simbólico da primeira de 14 comportas da Usina Hidrelétrica Estreito, no Maranhão, erguida ao custo de R$ 4 bilhões na divisa do Maranhão com o Tocantins, estava presente a governadora Roseana Sarney (PMDB), e o aliado e ex-ministro de Minas e Energia, senador Edison Lobão (PMDB-MA).

Lula recomendou que o repórter fizesse "psicanálise".

"Eu agradeço [aos Sarney] e a pergunta preconceituosa sua é grave para quem está há oito anos comigo em Brasília. Significa que você não evoluiu nada do ponto de vista do preconceito, que é uma doença. O presidente Sarney é o presidente do Senado. E o Sarney colaborou muito para que a institucionalidade fosse cumprida. Você devia se tratar, quem sabe fazer psicanálise, para diminuir um pouco esse preconceito", disse o presidente.


Memória
Pergunta que não quer calar

Será que presidente Lula, quando chamou o senador José Sarney de ladrão, em solo maranhense anos atrás estava sendo preconceituoso?

Inaldo Sampaio tenta arranjar briga entre Valmir Filho e Valdeir Batista

Deu no blog de Inaldo Sampaio, neste dia 30 de novembro.:
"A vingança – Revoltado porque o ex-prefeito de Araripina, Valdeir Batista (PR), não votou nele para deputado federal e sim em Jorge Corte Real (PTB), Inocêncio Oliveira (PR) convidou o médico Valmir Lacerda Filho (PMDB) para ser o candidato do PR à prefeitura em 2012.

COMENTÁRIO NOSSO:
O fato é que o PR foi fortalecido em Araripina por Valmir Lacerda, que se filiou ao partido em 2007. Quando Valdeir Batista saiu do PSDB, avaliou várias alternativas, e pediu abrigo a Valmir Lacerda na legenda do 22. Este, elegantemente, o abrigou. Em seguida, Valdeir Batista exigiu o comando da sigla a Inocêncio Oliveira, garantindo a este que o apoiaria. Segundo algumas fontes, o compromisso de Valdeir era de também apoiar o Coronel Feitosa para deputado estadual. Não aconteceu nenhum dos apoios. A relação de Valmir Lacerda com Inocêncio Oliveira independe de votos e de política. Se o partido estiver voltando ao seu controle, estando à disposição de Valmir Filho, é apenas uma conseqüência natural. Poderia acontecer até mesmo se Valdeir tivesse dado um caminhão de votos a Inocêncio.
Mas nada disso criará obstáculos para a amizade pessoal que existe entre Valdeir e Valmir. Essa vem de longe e também independe de política.

Já batemos os jornalões impressos

A internet já alcança quase 10% das citações como fonte de informação, contra 56% da TV. É pouco? Não, é um número excepcional. Quanto será em 2014? 20%? 30%? Além disso, praticamente 1/3 do eleitorado já acessa a internet "sempre". Veja abaixo, alguns quadros da pesquisa realizada pelo TSE:

Membros da PM querem aumento de salário

Deu no Blog de Notícias “Oficiais” do Palácio:
Quatro associações que representam os interesses dos policiais militares de Pernambuco reagiram às declarações do secretário Wilson Damázio de que teriam desrespeitado o princípio da hierarquia por terem entregado diretamente ao Palácio do Campo das Princesas, sem passar pelo crivo da SDS, suas reivindicações salariais. Elas dizem que não são subordinadas hierarquicamente à SDS e que fizeram apenas o que lhes foi prometido em março deste ano: reabrir as negociações com o governo.
De acordo com nota enviada à coluna pela Associação Pernambucana de Cabos e Soldados, Associação dos Militares Estaduais, Associação dos Subtenentes e Sargentos de Pernambuco, Associação dos Oficiais da PM e União dos Militares do Brasil, “conforme o que foi acordado com o próprio secretário” a proposta foi entregue primeiramente ao comandante geral da PM. Mas como até a presente data ninguém as chamou para conversar, o documento foi entregue diretamente ao Palácio das Princesas”.
Contem com o Meu Araripe para pressionar pela aprovação da PEC 300.


Loucademia
Corra que a polícia não vem aí. Patética, no mínimo, a imagem que o mundo viu dos traficantes fugindo nas barbas do helicóptero da PM, e da Globo também.
Não era mesmo para prender. Era só para expulsar. A vontade deles é que os mocinhos fugitivos venham se embrenhar no Nordeste e em estados governados pelo PSDB, como São Paulo, Paraná e Minas. O governo já sabia que eles fugiriam do Morro do Alemão pelo túnel que construiu.


Ministro: um avião ou um jegue. Critério zero.
Dilma Rousseff tem um "ministro dos sonhos" para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio: o mega empresário gaúcho, Jorge Gerdau. Como ele não deve aceitar o convite, Dilma se inclina a indicar o mega araponga Fernando Pimentel, ex-coleguinha de guerrilha, aquele que, na campanha eleitoral, comandou o Dossiê contra José Serra. Põe critério nisso.

Empreiteira conhecida construiu túneis para fuga de traficantes com dinheiro do governo petista

Segundo o comandante do Bope, Coronel Paulo Henrique Moraes, trabalhadores do PAC foram "obrigados" a fazer túneis que facilitaram a fuga dos traficantes do Complexo do Alemão. O Jornal Nacional mostrou a galeria imoral construída para fugas. É caso de polícia. Porque não são trabalhadores que fazem túneis. São construtoras. Empreiteiras licitadas. No caso do Rio, construtoras que fazem obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Estado foram as maiores doadoras da campanha do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB). Cinco empresas doaram juntas R$ 3,8 milhões, ou 18,4% dos R$ 20,6 milhões recebidos pelo peemedebista. A Odebrecht, líder do Consórcio Rio Melhor, é quem comanda as obras no Complexo do Alemão, avaliadas em R$ 493 milhões. Em última análise, os "túneis" foram construídos por ela. Só falta, agora, descobrirem que as "mansões" dos traficantes também fizeram parte do PAC do Crack.Só falta, agora, não aparecer ninguém do Ministério Público para investigar os verdadeiros responsáveis pela fuga fácil de um bando de traficantes, enquanto o país inteiro esperava pela prisão de centenas deles. Agora fica claro porque não houve reação às obras do PAC dentro de uma favela dominada pelo tráfico de drogas.
Cabe sempre lembrar: quem treinou os traficantes do Rio foram petistas e comunistas presos na década de 70. Eram terroristas disfarçados de presos políticos. Quando chegaram ao poder, construíram túneis para fuga de suas crias.



Nelson Jabá e o Rafale superfaturado
Nelson Jobim, ministro da Defesa, está na França fechando os últimos detalhes da compra dos aviões Rafale. O Rafale é mais conhecido como o caça que vale por três. Não pela sua eficiência, mas pelo seu preço, que é três vezes maior do que o sueco Grippen, por exemplo. Isto significa que o Brasil poderia comprar 108 aviões de caça em vez de 36, com o mesmo dinheiro. Ao que informam, quem vai bater o martelo ainda será Lula, assumindo o ônus e livrando Dilma do desgaste. Nelson "Jobã", em troca da fidelidade ao negócio, está ganhando a permanência no Ministério da Defesa. O custo da manutenção do ministro no cargo é, por alto, U$ 5 bilhões. É a diferença que Nelson "Jobã", a pedido de Lula, vai tirar dos cofres públicos e entregar aos franceses para ficar com um avião que nunca enfrentou uma só batalha. Não confundam "jobã" com jabá.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Mãos na cabeça!

Os países mais seguros do mundo, segundo a ONU, apresentam uma média de um policial para 250 habitantes.
O que a ONU recomenda, como efetivo mínimo, é 1 policial para cada grupo de 500 habitantes. Isto, considerando que o local é pacificado e que as pessoas são de bem, na sua maioria.
Perguntar não ofende:
Quantos policiais cuidam da segurança de Araripina? A resposta não deve levar em conta os que estão de folga ou destacados para funções diversas.
O mínimo necessário trabalhando diriamente seria 160 de plantão. Como há férias, descansos, etc, Araripina precisaria de 320 policiais.
Entenderam porque há tanto assassinato e desordens de toda ordem?

Agora o Rio - Morro do Alemão
Gaba-se o governador fluminense de ter enviado 1.600 homens para a operação de guerra do complexo de favelas que conta oficialmente com 400 mil moradores. A missão é expulsar bandidos, ou capturá-los. Façam as contas do risco que correm os policiais e os moradores de outras áreas que ficaram desguarnecidas. Somente para manter a paz, no cotidiano, a área de favelas ocupada precisaria de um efetivo de 2.000 policiais. Só para manter a tranquilidade. Para cpturar bandido armado a conversa é outra. Para capturar bandido com a TV Globo mostrando a posição que se encontra o policial, a tática, o equipamento, o rosto, aí a conversa muda. Deus ajude a todos. Mas estão pedindo para bandido fugir ou para que tomem repórteres e policiais de refém. É muita palhaçada mostrar a tática e a posição dos policiais (em favela), e principalente seus rostos, para depois serem alvejados quando a operação for desmontada. Só no Brasil de Cabral.
Não critiquem o blog porque coloca o dedo na ferida. Antes disso, cobrem policiais para proteger nossas ruas e sítios. Ou, do contrário, fiquem aplaudindo roubos, assaltos e assassinatos. Escolha seu lado: de cidadão ou de bajulador de governos.
Por falar em policial, o atual governo está obstruindo a votação da PEC 300, que garantiria salário digno à categoria. Poderiam ter dito isto na eleição, antes do eleitor escolher deputados, senadores, governadores e presidente.

Droga de Rio - Ex-capital federal é dominada não somente por traficantes. Principalmente por usuários de drogas.
Aos números:
90 toneladas de maconha. Quase 9 toneladas de cocaína. Mais de 4 toneladas de crack. Este é o consumo anual de drogas no Rio de Janeiro, segundo o estudo denominado "A Economia do Tráfico na Cidade do Rio de Janeiro: uma tentativa de calcular o valor do negócio", de Sergio Guimarães Ferreira e Luciana Velloso, da Sub-Secretaria de Estudos Econômicos da Secretaria da Fazenda do estado. O faturamento do trágico comércio de drogas no Rio de Janeiro é de no mínimo R$ 320 milhões anuais, mas pode chegar ao dobro disso, passando de R$ 600 milhões anuais.
Quem usa são os filhos de ricos ou de pessoas da classe média. Quem vende é gente de origem pobre, que pela pouca formação é capaz de matar o cliente. O temor é que a partir de agora, com morros invadidos, o jovem da classe média divida as funções de usuário e traficante, tirando do morro o lucro do narcotráfico. Quendo isto aconteceu em parte, nos anos noventa, muitos arrastões ocorreram nas prais badaladas da cidade maravilhosa.
Desta vez, a polícia já sabe que precisa se prevenir. Além de impedir que a droga chegue aos morros, é preciso impedir que ela seja desviada para os condomínios de luxo e, mais do que isso, é preciso criar empregos dignos e profissões decentes para os "desempregados" e desprovidos que surgirão nos morros e favelas a partir de agora.
Nada relacionado a polítca. Tudo a ver com sociologia. Vale ressaltar que o tráfico se organizou no Rio dentro dos presídios, nos anos 70. Os ladrões de galinha ou de bodegas ficaram nas mesmas celas onde estavam os presos políticos. Estes, muito bem treinados em Cuba ou em território nacional, a exemplo de Dilma e Zé Dirceu, deram dicas valiosas aos presos comuns. Deu no que estamos vendo. Com um "parêntese": Uma das presas políticas mais influentes do Brasil, que ficou detida em São Paulo, virou presidente da República. Que ironia o que hoje acontece na véspera de sua posse... Isso é que pode ser chamado de treinamento eficiente com hora marcada para dar resultados.

Entre São Paulo e Borá

O maior município do Brasil é São Paulo, com seus 11,6 milhões de habitantes. O menor de todos é Borá (SP), com apenas 805 moradores.
O IBGE passou lá e passou cá. Por isso, cabe perguntar: para onde caminha nossa terrinha? Em direção ao exemplo de São Paulo ou para disputar espaço com Borá?
Até agora, o que sabemos é que a população encolheu em carca de quatro mil habitantes nos últimos três anos. Assim diz o IBGE.

Final de ano chegando, arapuca se armando para prefeitos...

O final de ano se aproxima e muitos prefeitos são confrontados com os números financeiros de suas gestões. Em Araripina, a coisa não é diferente. O problema maior daqui é o acirramento criado pela falta de diálogo entre funcionários da PMA e pessoas escolhidas pelo gestor para a tarefa. Com salários atrasados, os nervos se transformam em pilhas e os cérebros em bombas humanas. As dívidas de alguns servidores estão tirando destes a tranquilidade e a serenidade indispensáveis a um final de ano feliz.
Resultado: o Meu Araripe detectou sinais de um avançado movimento paredista preparado para ocorrer em frente a prefeitura. Os pelotões avançados que cuidam do assunto já adquiriram até pneus para queimar no local. Tudo indica que haverá enfrentamento.
O alto comando da administração já estaria informada e correndo o campo para encontrar os recursos necessários ao cumprimento do dever, que em linguajar corrente quer dizer pagamento dos salários atrasados e do 13%. Esta última informação não é oficial, mas há indícios de que seja verdadeira.


Feliz ano velho, Adeus ano novo....
A imprensa já deveria ter concluído que a Vovó Dilma não tem surpresas. Confirma-se, a cada dia, que ela é isso aí mesmo que não se vê. Sumida há mais de 10 dias, Vovó Dilma apenas manda recados por trás dos seus óculos escuros, cuidando da saúde, cheia de agendas pessoais e trocando as fraldas do neto. Enquanto isso, Zé Dirceu e demais sicilianos da turma vão nomeando os ministros mais bolivarianos que existem dentro do atual governo e no seu entorno, inclusive o ex-varrido do mapa Antônio Palloci. Vejam o absurdo. Agora a imprensa aceita publicar, em nome do seu adesismo que, segundo fontes próximas da presidente, ela acha que a transição será mais longa e que só lá por meados de 2012 haverá um governo com a sua cara. Um governo com a cara da Vovó Dilma. Está claro que não haverá. Vovó Dilma, que nunca conseguiu pronunciar duas frases concatenadas sobre um mesmo tema, dentro de um raciocínio com um mínimo de lógica, foi indicada apenas para cumprir tarefas da turma que treinou os bandidos do Rio, quando estiveram juntos na prisão nos anos 70.
Entre as sujeiras, uma muito danosa à população. Vovó Dilma já está mudando o cálculo da inflação, tirando o peso dos alimentos, por exemplo, aplicando assim um golpe mortal no bolso de todos os brasileiros.
A música de final de ano mudou mesmo. Considerando que 2010 não foi exatamente uma brastemp, usamos aspas no feliz para cantar: "Feliz" ano velho/ Adeus ano novo...
Nossas desculpas pela antecipação dos fartos fatos, mas criticar é um direito legítimo de quem alertou.

domingo, 28 de novembro de 2010

O tempo de TV dos partidos em 2012 e 2014



Este é o quadro desenhado pelas urnas em 2010. Observe que alguns partidos ganharam muito tempo na televisão. O PR é o campeão entre os que cresceram. E alguns perderam. O DEM foi o que mais perdeu. O tempo destinado a cada partido, para que faça sua propaganda eleitoral, é distribuído com base nos parlamentares que elege.

sábado, 27 de novembro de 2010

Rio pega fogo. Dilma mergulha na piscina da covardia.

Não se combate um sistema criminoso enraizado no Estado com um punhado de operações policiais estoicas. Na Itália, a operação Mãos Limpas parou o país. No Brasil, o governo federal sequer se envolve. No máximo, tem espasmos de solidariedade e empresta umas tropas para o teatro de operações.

A pouco mais de um mês de sua posse, a presidente eleita não dá uma palavra sobre a guerra. Parece estar preparando a transição para governar a Noruega.

Possivelmente Dilma Rousseff esteja sendo orientada por seus marqueteiros a ficar longe das chamas do Rio. É o que os especialistas chamam de “evitar o desgaste”. Enquanto o Rio pega fogo, ela prefere discutir a cor das cortinas do Palácio Alvorada.
O Rio deve ter cerca de 500 mil bandidos perigosos. Até agora, nem 50 foram presos. Há que se perguntar: a guerra contra o tráfico de fato começou?

Há que se refletir: A elite do Rio (e do Brasil) segura os pobres retidos nos morros comprando-lhes drogas. Os traficantes fazem uma espécie de divisão do lucro, prestando pequenos favores.
Pois cabe perguntar: essa turma nova que mora no morro vai se contentar com um bolsa família, como acontece com o pobre que mora na chapada do Araripe? Lá no morro, 100 Reais não paga sequer a conta de telefone, que dirá a passagem de ônibus para trabalhar ou estudar. Portanto, além de expulsar traficantes dos morros, prendê-los antes que tomem conta de outras cidades e controlar a entrada de drogas nas fronteiras, o governo terá que encontrar uma outra fonte de renda para a população desempregada e desamparada.
Um bom começo é cortar a bolsa banqueiro, que manda para fora do país mais de 200 bilhões de Dólares por ano.
Para uma coisa a Copa do Mundo e as Olimpíadas vão servir: para mostrar ao brasileiro a verdade sobre o Brasil. Uma verdade que a imprensa tentou esconder, a custa de anúncios milionários de obras inexistentes, para proteger um governo corrupto e inoperante, que passou a mão na cabeça dos bandidos de Brasília e de todos os morros.
Acabamos de ficar sabendo que quase 13 milhões de brasileiros estão passando fome. A informação é do IBGE. Pena que não disseram isso antes da eleição. Mas não acredito no IBGE. Essa informação é mentirosa. Visa tão somente dar munição a Dilma, para inventar novos gráficos de falsa redução da pobreza no seu primeiro ano de governo. Salve essa postagem e em dezembro de 2011 volte a ler, confrontando com as notícias plantadas pelo Planalto.

Valdeir fará pesquisa em março

O empresário Valdeir Batista realizará pesquisa no mês de março. Com o resultado em mãos, decidirá o rumo a ser tomado. Se aparecer com cerca de 45%, deve se lançar na disputa pela prefeitura. Se aparecer com menos do que isso, deverá procurar um campo de força para se aproximar. Com este campo decidirá o futuro político de um dos filhos. É sabido que Valdner sonha com um mandato de deputado federal.
Quem vive em Araripina sabe perfeitamente que a cidade está dividida em dois campos. O campo que quer Lula no poder e o campo que quer ver Lula fora da prefeitura. É também do conhecimento de todos que Bringel lançou o médico Valmir Filho na disputa pela prefeitura. Ou seja: Valmir Filho é hoje o candidato da oposição. Portanto, Valmir Filho está ocupando o campo pela oposição e Lula pela situação. Feita esta dedução lógica, só resta a Valdeir Batista tirar Lula da disputa e ser seu candidato. Do contrário, o empresário apoiará Lula ou Valmir Filho.

VALDEIR NÃO APOIA APENAS POR APOIAR
O empresário Valdeir Batista está com pouca densidade eleitoral em Araripina, em função das posições que tomou de 2008 para cá, quando abriu as portas da prefeitura para Lula chegar ao poder e, em seguida, quando estimulou a candidatura do cunhado Dr. Divanágoras para tirar o mandato de deputado de Bringel. Em ambos os casos Valdeir conseguiu o que queria. Contudo, o eleitor que vibrou com os resultados não deixou de ser pró Lula para ser pró Valdeir. Isto poderá até acontecer um dia, mas Valdeir ainda não herdou os votos do atual prefeito. Apenas divide com ele o desgaste daquilo que acontece de errado. O que acontece de certo só tem beneficiado Raimundo Pimentel, que conseguiu se reeleger.
Hoje, qualquer iniciante em política sabe perfeitamente que o campo político de Valdeir Batista e Lula Sampaio são o mesmo. O tamanho deste campo é que precisa ser medido nas urnas. Mas é fácil de descobrir com pesquisas. Basta perguntar ao eleitor se ele vota contra ou a favor de Lula Sampaio. Quando mais de 50% afirma que vota contra um candidato, sua eleição é considerada impossível pelos analistas políticos. Os resultados têm provado que a rejeição a um nome majoritário não pode atingir a marca de 40%. Passando disso, a derrota tem sido o “prêmio” para os que desafiam a lógica. Araripina tem apresentado uma peculiaridade: as rejeições a Lula e a Valdeir Batista estão sendo cumulativas, em função das ações em conjunto que ambos desempenharam recentemente.
Valdeir Batista vai pesquisar isso com calma. Com o resultado frio das pesquisas em mãos, tomará a decisão que mais lhe for conveniente. Obviamente, ouvirá os filhos e mais alguns aliados. Se optar por sair candidato a prefeito, passará a dividir (ele e Lula) o campo de situação, alargando o caminho do candidato de oposição. Isto facilita uma composição entre Valmir Filho, Bringel e Raimundo Pimentel, com vistas ao futuro (2012 e 2014). Mais gente cabe nesse pacote.
Já, do contrário, se Valdeir Batista decidir apoiar Lula ou Valmir Filho, negociará a indicação do deputado federal daqui a três anos e meio. Quem conhece seus filhos sabe que esse é o conselho que eles darão. Resta apenas saber para que lado penderão em 2012. Parte da Rádio Arari trabalha veladamente em favor de Lula. Não há indícios de que mude de postura abruptamente. Isso cola ainda mais a imagem de Valdeir à de Lula. Para o bem ou para o mal.
Os filhos de Valdeir Batista são bons de conta. Sabem que o custo de montar uma calda eleitoral para futuramente atrair um vereador custa algo em torno de 2 milhões. O custo de manter essa calda por um ano e meio entra numa caderneta à parte. O custo de atrair o vereador para usar essa calda entra numa terceira caderneta. O custo para convencer a calda a se assumir como calda é o mais explosivo. Foi justamente essa explosão que fez Valdeir Batista desistir de disputar a reeleição em 2008, o que culminou com a divisão do grupo e a vitória de Lula Sampaio sobre Bringel.
Computado o risco do investimento, é mais razoável imaginar que os filhos do empresário vão preferir preservar os nomes e o grupo para disputar um mandato certo de deputado federal, para cuja campanha sempre encontrarão financiadores externos.

Em tempo 1: Resultado de pesquisa em março de 2011 tem para a eleição de 2012 a mesma importância que o presidente Lula terá para o mercado financeiro internacional a partir do momento que deixar o cargo em primeiro de janeiro.

Em tempo 2: Hoje, Valdeir Batista não conta com um grupo, mas com uma indicação de campo minoritário. Os nomes que dispõe para montar um palanque lhe são impeditivos para atrair a chamada calda. Gente com mais de 900 votos sempre espanta peixes menores. Isso eleva o custo "operacional". A hora de fazer acertos é menos indigesta do que a hora de colocar peixe grande e peixe pequeno no mesmo partido ou coligação. Valdeir precisaria de quatro partidos diferentes para abrigar gente de patamares distintos. Pretenso pré-candidato em ano pré-eleitoral é o que não falta. Mas nem sempre isso se converte em candidatura no ano eleitoral. Há muito "profissional" esperando o "chamamento". Muito jacaré de boca aberta, como se diz, e pouco operador confiável. A conta não pode ser feita por quarteirão, e sim por esquina. Nem por família, e sim por 'dissidência' familiar. Mas isto não é problema para quem aprendeu potenciação no ensino fundamenta e a usar calculadora científica na faculdade. O problema verdadeiro é saber descobrir na testa do filiado quem de fato é candidato e quem é apenas oportunista de plantão.

Eleição da câmara: Acerto, só o prévio

A eleição da câmara de vereadores de Araripina ocorrerá em 15 de dezembro. Contudo, para ser candidato a algum cargo na mesa, o vereador terá que registrar sua candidatura com dois dias de antecedência. É norma nova. Visa acabar com os cambalachos.
Em data passada, nós narramos aqui um acerto entre João Dias e Maria Augusta, segundo o qual só ela poderia sair beneficiada. A nossa postagem está quase se materializando. Poderemos resgatá-la para provar o alegado. Por enquanto, somente Maria Augusta está se mostrando capaz de ter seis votos. O dela, quatro dos vereadores ligados a Lula e o de João Dias.
Vereadores ligados ao prefeito Lula estão estranhando o seu "não envolvimento" na disputa. Não precisa mais se envolver. Já se envolveu lá atrás. Resta João Dias cumprir a palavra e votar em Maria Augusta. Sim. Porque Maria Augusta lhe prometeu voto e ele lhe será grato. Grato? Faz parte do jogo esse tipo de "gratidão". Todos sabem que só Severino vence com apenas 5 votos sem precisar pagar o preço da "gratidão". Mas parece que a "gratidão" é muito cara.
Já disse aqui e vou repetir: a bancada de oposição corre o risco de ser varrida do mapa político de Araripina se nesta eleição da mesa diretora da câmara inventar um jeito de perder outra vez. Vai ficar todo mundo em maus lençóis. Não há um único ingênuo com mais de dez anos que já não saiba o nome da "força" que move os pauzinhos. E ninguém mais aguenta gastar "energia" para movimentar esses tais pauzinhos. Está ficando muito desgastante para Araripina.
Maria Augusta está no seu papel. Cabe a ela dizer que vota em João Dias para dividir a oposição. A oposição é que não tem o direito de se dividir sabendo que isso dá na vista e não convence ninguém.

REVIRAVOLTA
O prefeito Lula Sampaio está evitando tratar de eleição da mesa diretora no momento atual. Acredita que já resolveu a situação quando liberou Maria Augusta para declarar voto em João Dias, sabendo que este não teria votos suficientes para se eleger, mas arranjaria um discurso para salvar sua pele em Nascente.
Acontece que a câmara tem todo tipo de gente sabida. Leonardo Farias, um dos sabidos, decidiu que o jogo terá que ser jogado com mais complexidade. Antecipou em dois dias o registro de candidatos. A partir de agora, aquele teatro de 'abestalhados' fingindo que era candidato sem ser ou sendo sem dizer que é, com o jogo combinado antes, acabou.
Maria Augusta terá que registrar sua candidatura dia 13 de dezembro. João Dias também terá que registrar a sua no mesmo dia. Severino certamente o fará. A partir daí, todas as máscaras terão caído. A menos que João Dias não registre candidatura e fique aguardando visitas "inoportunas" para decidir em quem votar apenas em cima da hora.
Até agora, o vereador Carlos Pracheles tem reafirmado que é candidato. Evilásio Matheus não diz que é mas se comporta como tal. Caso Pracheles registre sua candidatura, o mesmo ocorrendo com Maria Augusta e João Dias, o prefeito terá que 'intervir' para que um deles apareça sem o próprio voto na hora da contagem. É fácil deduzir uma coisa: só a oposição sairá lesionada dessa disputa e mau na foto junto a seu eleitorado. Qualquer que seja o papel ridículo de um aliado de Lula será depois interpretado como 'ação pela governabilidade'. Bonita essa palavra. Só o custo que é muito alto.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Rio "libera" mais de 200 bandidos perigosos para invadir São Paulo, Minas, Paraná e até a Região Nordeste.



É ingenuidade acreditar que esses bandidos fugiram sem que a polícia percebesse. Eles estão fugindo porque há uma decisão por trás disso: transferir (livres) os bandidos mais perigosos para os Estados do Paraná, São Paulo e Minas Gerais, que são governados por políticos da oposição.
Em lugar nenhum do mundo mais de 200 bandidos somem andando a pé como fizeram no Rio. A ação foi planejada. Não se trata de acordo entre bandido do morro e bandido da polícia, que se comunicam e fazem negócio. Isso não existe. O que existe é política suja.
Podem esperar. Muitos desses que fugiram tranquilamente chegarão ao Nordeste para infernizar por aqui. Não ficarão apenas no eixo São Paulo-Minas-Paraná. Muitos já devem ter chegado em Salvador.

Armando Monteiro anuncia 60 milhões para Saneamento Básico de Araripina e Ouricuri

Em reunião em Brasília com o coordenador de engenharia da Codevasf Petrolina, Ricardo Lisboa, o deputado federal Armando Monteiro (PTB) e os prefeitos de Araripina, Lula Sampaio (PTB), e Ouricuri, Ricardo Ramos (PSDB), confirmaram o aporte de R$ 60 milhões para o programa de saneamento das cidades. Serão R$ 30 milhões em cada localidade. Em Araripina, o Riacho São Pedro, que corta o município, será totalmente despoluído. Os recursos são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), os projetos técnicos estão aprovados e as licitações para as obras vão ocorrer no início de 2011.

COMENTÁRIO DO MEU ARARIPE
Araripina encontra-se em situação de inadimplência. Por esta razão, a prefeitura fica impedida de celebrar convênios, motivo pelo qual a obra deverá ser licitada diretamente pela CODEVASF.

CUSTO DO ESGOTO
Considerando que o projeto está pronto, o custo do tratamento dos redíudos líquidos já foi definido. Falta apenas ser anunciado ao consumidor final do serviço de coleta e tratamento de esgoto. Para que um projeto de coleta e tratamento de esgoto seja aprovado, além de definir o custo do tratamento de cada metro cúbico de resíduo, também se faz necessário definir quem é o responsável pelo serviço e pela cobrança da taxa mensal. Como Araripina tem uma parceria (tosca) com a Compesa, tendo investido sozinha até agora para fazer saneamento, provavelmente passará a esta o direito de coletar, tratar e cobrar pelo serviço. Quanto por cada residência?

Estou fazendo reparos nos neurotransmissores. Volto já.

Sérgio Guerra começa a pagar pela traição

De o Globo - Ilimar Franco

"O ex-governasdor José Serra e o presidente do PSDB, Sérgio Guerra, tiveram um bate-boca na terça-feira, com direito a elevação da voz e dedo na cara.

Serra acusou Guerra de espalhar que ele vai para a presidência do Instituto Teotônio Vilela, como forma de tirá-lo da disputa pela presidência do partido.

Guerra retrucou que Serra pode ser o que achar melhor, mas não tinha o direito de falar com ele naquele tom".

Olhe só! Guerra quer trair, inventar conversa, criar fofocas, fescar, atrapalhar e sair impune.
Vai apisar o pelo de teus cavalos....

Dilma promete arrocho salarial. Juízes federais prometem greve.

A conta das promessas de campanha é alta. Não vai fechar. Agora as promesas são de arrocho e greve. Prepare seu bolso pois ele vai sangrar.
Os juízes federais ameaçam cruzar os braços em 2011 se a presidente eleita, Dilma Rousseff, não conceder reajuste de 14,69% nos subsídios da classe, informa a Folha de S.Paulo. Eles protestaram contra a promessa do ministro Guido Mantega (Fazenda) de cortar novos gastos.

"Se não houver negociação, podemos promover paralisação ou greve nos primeiros meses do governo Dilma", afirmou o presidente da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), Gabriel Wedy. A greve seria inédita -a categoria só parou uma vez, por um dia, em 2000.
Ontem, servidores do Judiciário federal ampliaram para o Rio de Janeiro a greve iniciada no dia 18. A paralisação agora chega a 11 Estados

Eleição da câmara será dia 15 de dezembro

O dia está marcado. Só falta saber o que foi acertado. Ninguém confia em ninguém. O que está sendo dito não é levado a sério. Só depois da eleição saberemos o que acertaram, o que deram, o que prometeram, o que deixaram de prometer, o que deixaram de cumprir e o que cumpriram.
O nome do presidente eleito apresenta muitas respostas. A oposição tem cinco nomes e um que pode vencer sem precisar de mais nada. A siutação tem cinco nomes e nenhum vence sem o apoio da oposição. Na eleição de Leonardo Farias, quem se debandou foi João Dias. Severino ficou chupando o dedo. Desta vez, mais gente pode se debandar, sem necessariamente ser visto como desertor. Basta ser candidato para "protestar".
Que ninguém se engane: a oposição entrega os pontos de várias formas. Nem sempre é preciso votar no candidato do prefeito para entregar os pontos. Basta se dividir, fabricando uma briga interna que não existe concretamente.
Não podemos acreditar piamente que dentro dos gabinetes as caras feias se mantêm entre os pares. Nem todos se dão mal, como aparentam.
Depois de 15 de dezembro, a oposição na câmara poderá ser varrida antecipadamente da política pelo próprio eleitor de oposição. O que se ouve não é nada auspicioso. Mas juízo não é coisa que se vende e compra na bodega da esquina. E conselho, se fosse bom, seria vendido.
Mas, aqui para nós, o que é que se vende e o que é que é dado de graça?
Há uma coisa chamada calda. Quem será calda de desgarrado "filho de Eva"?
Não está escrito degradado. Leiam bem: desgarrado filho de Eva.

Criatura morde o criador. A primeira grande paulada de Dilma em Lula

A presidenta eleita Dilma Rousseff, estranhamente, não participou do anúncio formal da sua equipe econômica. Certamente, para se descolar das más notícias. Os três auxiliares responsáveis pelo setor prometeram austeridade fiscal, redução das despesas com custeio e o fim da gastança da era Lula.
Dilma está batendo em Lula com o braço de auxiliares do próprio presidente. Já despachou Henrique Meirelles, obrigando este a se vingar: Meirelles disse que os juros continuaram altos porque Lula decidiu brindar Sílvio Santos com 2,5 bilhões, salvando assim o Panamericano da falência.
Lula começa a reagir: quer o Ministro do Enem, Fernando Hadadd, continuando à frente do Ministério da Educação. Parece que vai vencer a queda de braço. Aliás, Lula está distribuindo escolas técnicas federais através de Hadadd como quem espalha orégano em pizza. Tudo para Dilma pagar e depois fazer funcionar. Lula já deu provas que sabe se vingar da ingratidão de Dilma.

Sinval x Isabel: Uma só educação; dois diagnósticos.

Sinval Ferreira é assessor da prefeitura de Araripina e dono de empresa de consultoria. Isabel Alencar é professora do município e presidente do Conselho Municipal do Fundeb.
Ela fez um diagnóstico da situação real e da situação burocrática da educação municipal, produzindo seu relatório. O Assessor Sinval fez outro e conseguiu assinaturas para o mesmo, com excessão da assinatura da própria Isabel. Ambos relatórios foram encaminhados ao MEC. O de Isabel foi enviado a mais órgãos, inclusive TCU, TCE e CGU. Deu em apuração.
O trabalho produzido por Isabel tem embasamento em ofício assinado pela própria Secretária de Educação, segundo relato da professora. Também se ampara em fatos, conforme reforçou.
E agora? O que acontecerá com aquela ou aqueles que assinaram papéis com informações inconsistentes, para não dizer mentirosas.


Mudo falando
Em entrevista à Grande Serra, as professoras Isabel e Cida deram uma informação curiosa. O famoso mudinho que trabalha com poda de árvores está quase falando tudo. Dizem por aí que ele já aprendeu a pronunciar "pague meu salário".
Vai terminar sendo candidato a vereador e vencendo.

Quando ninguém aparece para defender (....) Estranho momento!



E do amor gritou-se o escândalo
Do medo criou-se o trágico
No rosto pintou-se o pálido
E não rolou uma l
ágrima
Nem uma
lástima
Pra socorrer

E na gente deu o hábito
De
caminhar pelas trevas
De murmurar entre as pregas
De tirar leite das pedras
De
ver o tempo correr


Mas, sob o sono dos séculos
Amanheceu o espetáculo
Como uma chuva de pétalas
Como se o céu vendo as penas
Morresse de pena
E chovesse o perdão


E a prudência dos sábios
Nem ousou conter nos lábios
O sorriso e a paixão



Pois transbordando de flores
A calma dos lagos
zangou-se
A rosa-dos-ventos
danou-se
O leito dos rios fartou-se
E inundou de água doce
A amargura do mar


Numa enchente amazônica
Numa
explosão atlântica
E a multidão vendo em pânico
E a multidão vendo atônita
Ainda que tarde
O seu despertar

Chico Buarque

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Para Armando Monteiro e Ana Arraes: Quede a nossa?

Deu em Inaldo Sampaio:
"Os deputados Armando Monteiro Neto (PTB), Ana Arraes (PSB) e Inocêncio Oliveira (PR) destinaram R$ 80 milhões de emendas de bancada ao Orçamento Geral da União (OGU) em favor da ampliação e requalificação do campus da Universidade de Pernambuco (UPE).

O dinheiro servirá também para o aumento dos cursos e a criação de novas faculdades em municípios do interior".

Cabe perguntar: Quede o recurso para ajudar a AEDA? Ou para criar uma faculdade federal em Araripina?

Fernando Bezerra para a Integração Nacional. Este é o pedido de Eduardo Campos a Dilma.

Informa Ilimar Franco, do Jornal o "Globo".

O presidente do PSB, o governador Eduardo Campos (PE), quer emplacar Fernando Bezerra Coelho no Ministério da Integração Nacional.

Ele é secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e presidente do Porto de Suape.

Na noite de anteontem, Campos conversou longamente com a presidente eleita, Dilma Rousseff, sobre a participação dos socialistas no governo. Não há nada definido ainda.",

Comentário do Meu Araripe
Este é o cargo que Dilma guarda para Ciro Gomes que, por sua vez, faz chantagem para ficar com o BNDES. A briga entre Eduardo e Ciro é escancarada. É ver quem terá mais munição de agora em diante. Para Pernambuco será ótimo que Fernando Bezerra saia vitorioso nessa disputa. É a garantia concreta de que o Canal do Sertão sairá do papel. Com uma ressalva: o Canal do Sertão desenhado por Fernando Bezerra tira Araripina do mapa. Água não perenizará Lagoa do Barro. É bom começar a movimentar a sociedade com este assunto.

Ouricuri fashion day

A cidade de Ouricuri realizará, em parceria com a TV Globo de Petrolina, um mega evento de moda, denominado "Ouricuri Fashion Day". Vem a ser a versão nova de um famoso evento que deixou de acontecer em Araripina, também patrocinado pela emissora e incentivado pela prefeitura.
As moças e rapazes de Araripina, com larga experiência em desfile, podem muito bem se inscrever por lá, para não perder o costume.
Bom seria que não tivéssemos perdido o nosso.
Bom será que não acabem também com o nosso São João.

"A velha Debaixo da cama"

"Ai meu Deus se acaba tudo
Tanto bem que eu te queria"



A véia debaixo da cama
A véia criou uma cobra
a cobra mordeu o rato, mordeu o gato, mordeu o
cachorro, mordeu
o macaco, mordeu o porco, mordeu o bode, mordeu o
jumento,
mordeu o leão...
"Mordeu a véia!!! ... A véia!!!

Ai meu Deus se acaba tudo
Tanto bem que eu te queria"


Conheça essa "obra prima" completa clicando aqui.

Dupla dinâmica: Professroas Cida e Isabel voltamà ativa

Hoje, ao meio dia, as professoras Cida e Isabel estarão na Rádio Grande Serra falando de coisas que poderíam ter sido evitadas. Esta dupla já prestou grandes serviços à comunidade, enfrentando de cabeça erguida problemas da categoria que representam: os servidores públicos.
São professores municipais e lutam pela melhoria do ensino, das condições de trabalho e da justa remuneração.
Geralmente, Araripina pára para ouvir. E, às vezes, balança.
Resta ligar o rádio e saber das novidades. Tem gente que foi à casa de uma delas que não conseguirá dormir bem.

Quase quatro meses dentro, 'vibram' servidores municipais.

Contado o mês de dezembro de 2008 (adinistração Valdeir Batista), que deveria ter sido quitado em janeiro de 2009, os servidores efetivos da prefeitura de Araripina têm para receber quatro meses de salários, quando se inclui o 13% salário de 2010.
São eles: dez/2008, outubro e novembro de 2010 e o 13% do ano em curso. A expectativa é que tudo seja quitado até o dia 30 de dezembro deste ano. Certamente circularia muito dinheiro no comércio da praça. Não custa sonhar.
Quando se inclui o mês de dezembro, a soma sobe para cinco meses de salário até cinco de janeiro de 2011. É muito dinheiro para circular.

Time que dar errado

Dilma venceu a eleição defendendo a área econômica do governo Lula. Dizia ela que time que está dando certto não se mexe. Pois a nova eleita acaba de informar que o time não dava certo. Empurrou ladeira abaixo a "unanimidade burra" chamada Meirelles, que Lula tanto venera.
Com um gesto só Dilma, chamaou seu pai político de burro.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

ANVISA aperta farmácias pequenas. As grandes redes estão satisfeitas e não foram visitadas.

O PT tem compromissos com grandes redes de farmácias, grandes financiadores de campanhas, por dentro e por fora. O arrocho aos pequenos foi retomado. Em Petrolina, o governo do Estado entrou no jogo para também apertar os pequenos e limpar a área para as grandes redes.

A maioria das farmácias aguardam que a ANVISA julgue suas petições. A demora é seletiva, às vezes intencional. Gravações feitas no 0800 do órgão dão conta de que a espera pode durar três meses. Documentos são extraviados. As publicações no Diário Oficial, aparentemente intencionalmente, deixam de constar a autorização para dispensação de remédios sujeitos a controle especial. Pode não ser um esquema bem montado. Mas os indícios apontam nessa direção. Há mais indícios. Na hora certa, se necessário, serão levados a conhecimento da população.
Veja o que narra um Blog de Petrolina:

"A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) realizaram durante todo o dia de ontem (23) uma operação com objetivo de fiscalizar a atividade farmacêutica em Petrolina.

Segundo informações da Apevisa, trata-se da operação de verificação de medicamentos realizada simultaneamente em todo o estado.

Em Petrolina a operação contou com o apoio da Polícia Civil, que coordenou sete equipes - cada uma com um delegado.

Mais de uma dezena de estabelecimentos farmacêuticos foram autuados.

Também foram efetuadas prisões de funcionários e donos de farmácias, por prática de contrabando, tráfico, medicamentos falsos, entre outras irregularidades como venda de medicamentos controlados e ausência de farmacêutico responsável.

Foram apreendidos ainda diversos tipos de medicamentos, entre eles o Pramil (estimulante sexual) em uma farmácia, no centro de Petrolina.

Alguns empresários presos foram levados para a delegacia do Ouro Preto, onde foram ouvidos. Uma farmacêutica e um dono de farmácia que não tiveram seus nomes revelados foram encaminhados para o presídio Edvaldo Gomes, após passarem por exame de corpo e delito.

Alguns comerciantes reclamaram que apenas os estabelecimentos pequenos foram autuados e alegam que farmácias de duas grandes redes não foram fiscalizadas pelas equipes da Vigilância Sanitária.

As equipes da Anvisa e Apevisa seguiram para Lagoa Grande (PE), onde também autuaram farmácias locais. Segundo informações de um agente da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária, nesta quinta feira (25) o órgão vai reunir a imprensa regional, em local a ser anunciado para uma coletiva, com o diretor geral da Agência. (Com informações de Cláudio Farias/para o Blog)"

Dilma chegou lá. A conta veio atrás. E quem pagou o pato?

Hoje, no JN, o novo futuro ministro da Fazenda, Guido Mantega, passou manteiga na venta dos gatos, mas não deixou nenhum lamber.
Já mostrou as garras: nada de aumento salarial em 2011; salário mínimo só de 540 Reais (longe dos 600 propostos por José Serra); corte no custeio da máquina e no orçamento; corte geral; nada de PEC 300, que cria piso nacional dos policiais; nada de refresco para os cofres dos municípios e estados. A Globo, bem comprada e bem paga, fechou com o bordão: "O mercado financeiro reagiu bem". Claro! Foi anunciado pela nova equipe que será tirado dos pobres e entregue ainda mais aos ricos. É claro que o mercado se acalmou. Ficaria nervoso se fosse anunciado salário mpinimo de R$ 800,00 e queda dos juros para 2%.
Para espalhar fumaça e colocar pobre contra pobre e preto contra preto, a polícia foi acionada para expulsar as vitmas do sistema dos morros cariocas. Os escurinhos não poderão mais vender 'baseados' nem papelotes de cocaína. Os filhinhos de papai (mauricinhos e patricinhas) a partir de agora vão produzir (na varanda), vender e usar ao mesmo tempo. Acabou a divisão de renda tosca na cidade "maravilhosa"
Os petistas querem limpar a área nobre de belas praias e paisagens paradisíacas que frequentam gastando nossos impostos. Querem evitar crimes demasiados no Rio para mostrar controle por ocasião da Copa do Mundo e das Olimpíadas. Ou seja: Rifocina na ferida crônica. Nada de tratamento definitivo para erradicar a pobreza.
Os bandidos do Rio serão encorajados a se esconder em São Paulo e Minas, dois estados administrados pelo PSDB. Ou seja: as manchetes negativas ficarão para a oposição. Para o governo, as páginas de ouro - mesmo que de tolo.
Viva o Brasil!
Relembrando Titãs: "Polícia para quem precisa/ Polícia para quem precisa de polícia".

Tudo continua igualzinho. Só o 'Rei' mudou de sexo.

Lula já é Rei posto. Só se fala em Dilma. Lula já está apelando para os blogueiros. Dilma, por sua vez, não consegue enxergar o fim da fila de puxa-sacos. Prepare seu bolso.

Já lá se passam mais de 200 anos. Quando a Corte portuguesa desembarcou no Rio, em 1808, foi recebida com festas e homenagens, procissões, fogos, salvas de canhão. Filas de pessoas humildes formavam-se para beijar a mão de Sua Majestade, o rei D. João 6º; e aquele famoso cordão que cada vez aumenta mais também entrava na fila, para desfrutar ainda mais a proximidade do Poder.
O povo passou muito tempo entusiasmado com o rei - simpático, bonachão, tipo pai de todos. Mas ele e seus inúmeros companheiros custavam caro: sua Corte mantinha dez ou quinze vezes mais gente que toda a máquina burocrática dos Estados Unidos. Um padre recebia bom salário só para confessar a rainha. Comiam muito, os cortesãos - comiam, por exemplo, toda a produção de galinhas e ovos do Rio de Janeiro (e o que não comiam, vendiam no mercado negro).

O custo era tamanho que, para financiar-se, a Corte obrigou os cidadãos mais ricos a comprar cotas do Banco do Brasil (e, em poucos anos, quebrou o banco). Outros doavam dinheiro em troca de títulos de nobreza. No pouco tempo que passou no país, D. João 6º deu mais títulos à companheirada do que haviam sido criados em Portugal em 500 anos. Criou-se também o hábito de fraudar concorrências e receber comissões (na época, 17%). Os gatunos se deram bem: um deles, barão, foi promovido a visconde. Surgiu uma quadrinha: "Quem furta pouco é ladrão/quem furta muito é barão/quem mais furta e esconde/passa de barão a visconde". D. João, ao voltar a Portugal, deixou raspados os cofres do Brasil.

"Oficialmenta", presidenta manda Henrique Meirelles e Lula contar anedotas

"Oficialmenta", presidenta.
NOTA À IMPRENSA

"A presidenta eleita da República, Dilma Rousseff, convidou o economista Guido Mantega para permanecer à frente do Ministério da Fazenda, a engenheira e coordenadora do PAC, Miriam Belchior, para assumir o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, e o economista Alexandre Tombini, atual Diretor de Normas, para presidir o Banco Central. A indicação de Tombini será submetida ao Senado Federal para aprovação.
Ela começou a usar o "ENTA" justamente para acabar com a política jumenta de entregar o País aos agiotas.
O presidente Lula começa a se arrepender do apoio, pois queria Meirelles sustentando a bolsa banqueiro. Eu, que não votei, vou esperar a redução dos juros a 2% para começar a gostar da ex-guerrilheira. Chico Buarque avisou que ela não tinha medo nem de Lula. Está começando a provar que tinha razão.

Imprensa bandida esquece o nome do crime

Parte da imprensa carioca denomina de “ações” os ataques criminosos à população do Rio, assim como substituiu criminalidade por “violência” e acabou com as favelas na cidade rebatizando-as de “comunidades”.

A coisa só piora, mas a imprensa comprada dá um jeito de esconder a febre. Tem gente tola que não se dá conta: o governo federal resolveu expulsar os bandidos do Rio para outros estados. Não está preocupado com as vitmas que farão fora do Rio. O que o PT quer mesmo é livrar a cidade maravilhosa de bandidos durante a Copa e as Olimpíadas. Quer apenas evitar notícia ruim circulando nessa véspera e durante os eventos. A tendência é que a turma perigosa venha para o Nordeste e que parte rume para São Paulo, estado governado pelo PSDB. O PT vai se divertir com a desgraça de pauslistas que votaram contra, e de nordestinos que votaram a favor em troca de uma bolsa.


E o Araripe, quem é?

"ORÇAMENTO 2011 – A bancada federal se reuniu, ontem, em Brasília, mais uma vez, e fechou a proposta para o orçamento de 2011. O governador Eduardo Campos (PSB) bateu o martelo em quatro emendas de bancada – Suape, polo tecnológico do Jiquiá, duplicação da BR-423, que liga São Caetano a Garanhuns e o porto do Recife, além da adutora de Vitória de Santo Antão".
Do blog de Magno Martins.

O título é nosso. Blogueiro da capital também não lembra que o Araripe existe, por isso não cobra emendas que nos beneficie.

Pequeno!!!

O espaço de Eduardo Campos no governo Dilma será diminuto. O neto de Arraes vai aceitar ser "barriga de aluguel" de Cid e Ciro Gomes. Tudo indica que Pernambuco perderá espaço na esplanada, o que já é pequeno. Eduardo é assim mesmo. Se acha muito bonito e se contenta com fotos. Por esse motivo, a refinaria não sai do papel, a transposição se arrasta a oito anos e a Hemobrás nem limpa o mato para fazer alicerce. É um pavão daqueles.
Também foi dar pitaco em Brasília na PEC 300, a dos policiais. Disse que é contra. Só é mesmo a favor da CPMF. Isso ele disse abertamente.
O velho mito Arraes não suportaria ver a performance de um neto tão servil, tão pau mandado dos chefes petistas.

Roberto Teixeira achou pequena a votação que tirou aqui. Nós achamos nada as emendas de bancada.

Roberto Teixeira, que ainda não precisava responder porque não tomou posse, mandou um recado pelo blog de Inaldo Sampaio: "Que deu 21 viagens ao Araripe mas a votação foi inferior ao que esperava".
O Meu Araripe alertou com postagem mais abaixo que Inaldo Sampaio divulgara nota de deputados dizendo que está tudo bem com a partilha do bolo do orçamento.
O primeiro a mandar resposta foi Roberto Teixeira, dizendo que está insatisfeito com os votos que tirou aqui. Inaldo Sampaio tem essa mania de buscar gente para responder as postagens do Meu Araripe. Já chegou até mesmo a apagar o que escreve, em virtude de nossos comentários.
Mas ele precisa ter cuidado. Não pode ir atrás de quem ainda não tomou posse. Segue lista dos que voltam aqui de quato em quatro anos garimpar votos: Armando Monteiro, Bruno Araújo, Gonzaga Patriota, Fernando Filho, Pedro Eugênio, Maurício Rands.....
O recado vai para estes e para muitos. Quede as emendas?

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Cargos estaduais: começa a luta pelas indicações políticas no Araripe

Raimundo Pimentel conseguiu se reeleger deputado. É dele o direito de indicar a maior parte dos cargos disponíveis na região. Gerência de Educação, em Araripina e Gerência de Saúde, em Ouricuri. Detran, IPA e Adagro também são cobiçados.

GRE
A Gerência Regional de Educação, com sede em Araripina, abrange todas as cidades do Araripe. É a chamada jóia da coroa. Cabe a Raimundo Pimentel indicar o novo titular. Os principais nomes na cesta de apostas são o de Helusana Valverde e o de Graça Rúbia. São, ambas, 'pimentelistas' da gema. Contudo, o blog tomou conhecimento nos cercados do Palácio que Lula Sampaio reinvidicou o cargo junto a Gilberto Rodrigues, o homem-mola de Eduardo Campos. Dificilmente fará uma indicação, a menos que entre em entendimento com o próprio Pimentel, que até sexta-feira estará em Portugal.
O Palácio, sempre que quer desgastar um aliado, deixa escapar seus pleitos para que sejam combatidos pela mídia. O nome não apareceu, apenas o pretenso pedido. Sabe-se, contudo, que os Arraes estão tentando manter a atual diretora no cargo. A relação deles com Boba sugere que a manutenção de uma pessoa da família do vice no cargo seria uma forma de apagar parte do incêndio.
Lula não suporta mais pegar lata d'água no barreiro para apagar incêndios. Quer uma trégua. Usando a GRE?

GERES, DETRAN, IPA, ADAGRO: Briga à vista por indicações
O Meu Araripe só colheu lorotas até agora sobre a disputa pela indicação de nomes para tais cargos. Por enquanto, Eduardo Campos não vonversa com mortais comuns sobre tais cargos. Sabe-se que se encontrou com Raimundo Pimentel e Guilher Uchôa em Portugal. Fingiram uma casualidade. Mas trataram de assuntos relevantes. Provavelmtne, Pimentel não tratou de varejo em Portugal. Teve coisa mais imprtante para acertar. O Hospital Regional de Ouricuri já é terreno dominado por Raimundo. Está sob vara do Cisape, comandado pelo prefeito Trindade, Gerôncio Figueiredo. O diretor da Geres também virou espécie de Raínha da Inglaterra. Muito status e pouco poder.

Comissão de Finanças da Assembléia
O que se comenta na Assembleia Legislativa é que o "adesista" derrotado Geraldo Coelho será substituído por Raimundo Pimentel na poderosa Comissão de Finanças e Orçamento. Além de poder de barganha, o deputado ganha estrutura comparável ao de um membro da mesa diretora. Talvez maior. Vai interferir nas decisões da partilha dos recursos, no destino das emendas e, de quebra, poder indicar um punhado de gente na área técnica da Casa. Certamente, ganhará espaço na agenda do governador e nas redações dos principais jornais, rádios e tvs do Estado. Além de conquistar o direito de pedir ajudinhas para pavimentar sua candidatura a deputado federal. Pimentel já tem caminho traçado. O nariz está aprumado na direção de Brasília.

BOMBA CENSURADA NO JORNAL NACIONAL

Polícia procura no Rio caminhão com 600 quilos de dinamite que seriam usados em atentados
RIO - Fontes das polícias civil, militar e federal confirmaram, na tarde desta terça-feira, que policiais procuram no Rio um caminhão com cerca de 600 quilos de dinamite. Os explosivos seriam usados em atentados contra autoridades e monumentos na cidade. Eles foram roubados em ataques de bandidos fortemente armados na madrugada do último dia 10, em São Paulo e no Rio Grande do Sul. A polícia investiga se as ações foram comandadas por traficantes de São Paulo, associados a bandidos do Rio.

Esse teria sido o motivo do pedido do governador Sérgio Cabral de reforço no policiamento das estradas federais do estado ao Ministério da Justiça. Cerca de 200 homens da Polícia Rodoviária Federal devem chegar ao Rio nos próximos dias para atender a essa solicitação.

Uma das cargas roubadas no dia 10 foi em Jundiaí, a 65 km da capital paulista. Seis homens armados com pistolas renderam os três vigias de uma pedreira, levando 300 quilos de dinamite, mais de mil metros de pavio e detonadores. Os funcionários foram ameaçados, agredidos e obrigados a carregar os explosivos para o lado de fora da pedreira. Depois de amarrar os vigias, os ladrões colocaram os explosivos em vários carros e fugiram. Também de madrugada, cinco homens armados invadiram uma pedreira em Gravataí, região de Porto Alegre, renderam o vigia e fugiram com 300 quilos de dinamite. A quadrilha estava com armas pesadas.

Embora censurado pelos editores do Jornal Nacional, a reportagem está no Portal G1, no endereço seguinte:
http://oglobo.globo.com/rio/mat/2010/11/23/policia-procura-no-rio-caminhao-com-600-quilos-de-dinamite-que-seriam-usados-em-atentados-923091337.asp

Jarbas diz que votará contra criação de nova CPMF e qualquer outro imposto



No seu primeiro discurso na tribuna do Senado Federal após as eleições, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) anunciou publicamente que votará contra qualquer tentativa de o futuro Governo Dilma em recriar a CPMF. “Quero deixar pública a minha posição: votarei contra qualquer proposta que recrie a CPMF ou implique criação ou aumento de impostos”, afirmou Jarbas.
O senador do PMDB pediu respeito da futura presidente à atuação oposicionista. “Que (ela) desenvolva uma relação de respeito com a oposição; que busque uma convivência republicana, sem tentativas de cooptação ou de acordos de gabinete; que não pregue o extermínio daqueles que pensam de forma diferente, pois, sem oposição, não há democracia”.
O pernambucano conclamou a oposição a buscar apoio na opinião pública contra o novo imposto. “Para repetir a votação do dia 13 de dezembro de 2007, quando esta Casa rejeitou a renovação do imposto do cheque.”

Qual o seu federal? Diga a ele que não está nada bem por aqui. Cobre emendas!!!

Leia aí o que divulgou o Blog de Inaldo Sampaio. Ele informa: "deputados afirmam que está tudo bem e sob controle". Refere-se à divisão do bolo do orçamento da União. Está tudo bem mesmo? Araripina está contemplada? Leia e tire as dúvidas. Depois cobre do seu deputado.
"Deputados federais pernambucanos tiveram diversas reuniões em Brasília, nesta terça-feira, para decidir as 10 emendas coletivas que deverão ser apresentadas ao Orçamento Geral da União.

Os coordenadores da bancada, Pedro Eugênio (PT) e Cadoca (PSC), garantem que, mais uma vez, está tudo bem e sob controle.

Uma parte dessas emendas foi sugerida pelo Governo do Estado através do secretário do planejamento, Geraldo Júlio, e outra pelas prefeituras do Recife, Olinda, Jaboatão, Caruaru e Petrolina.

Consta do pacote uma emenda coletiva para a duplicação da BR que liga São Caetano a Garanhuns, que é um velho sonho dos moradores da “Suíça pernambucana”.

Dilma indica quem será suas vítmas

Parece que o preço alto que está sendo cobrado por Henrique Meirelles será pago por Dilma. Ela dá sinais de que ele não será indicado para o cargo de presidente do BC, apesar dos apelos de Lula e do mercado global.
Escolhas têm preço: Dilma prefere pagar a Meirelles. Ele deve silenciar e levar um pote de ouro. Melhor que continuar a pagar 200 bilhões de Dólares por ano a especuladores internacionais.
Os traidos serão apenas dois: o presidente Lula e o mercado financeiro. Se Dilma realmente baixar os juros para 2% ao ano, a traição será a melhor e mais benéfica da história do Brasil.
Além de preservar nossas riquezas, distribuindo-a com o povo brasileiro, a medida de Dilma de não aceitar o malandro Meirelles no BC servirá para outra coisa: desmascarar o criador da nova presidente.
Deus escreve certo por linhas tortas. Tudo indica que poderemos provar isto mais uma vez usando o exemplo Dilma x Lula.

Presidente paga parte da dívida com Araripina no apagar das luzes

O Ministério da Educação está liberando recursos para a construção de 11 Escolas Técnicas em Pernambuco. No total, 60 milhões de Reais. A de Araripina está no pacote. As cidades contempladas são: Carnaíba, São José do Egito, Araripina, Lajedo, Bonito, Bezerros, Gravatá e Santa Cruz do Capibaribe, Camaragibe, Olinda e Igarassu.
O presidente Lula sempre venceu em Araripina. Vai deixar uma marca, ao menos. Quem vai inaugurar é o que menos importa.

A justiça funcionou.... para proteger um novo dono do Brasil.

Da Folha Poder, mostrando que bastou Antônio Palocci(PT-SP) ficar cotado para um ministério para o STJ sair correndo a absolvê-lo de um processo de 2001.

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) rejeitou, por unanimidade, recurso do Ministério Público de São Paulo contra o deputado federal Antonio Palocci Filho (PT-SP). Palocci --um dos principais assessores políticos de Dilma Rousseff e cotado para assumir um ministério na próxima gestão-- era acusado de improbidade administrativa. Ele entrou na mira do MP por contratação considerada irregular do Instituto Curitiba de Informática (ICI). O petista era prefeito de Ribeirão Preto quando, entre 2001 e 2002, contratou a ICI sem licitação. Na ocasião, a Prefeitura pagou R$ 3 milhões pelos serviços da empresa de informática. Ministros da Primeira Turma do STJ ratificaram as decisões de tribunais inferiores na tarde desta terça-feira. Palocci já havia sido absolvido pela primeira e segunda instância, mas o MP entrou com recurso. Em 2001, o ICI chegou a interromper seus serviços para a Prefeitura, após duas liminares da Justiça de Ribeirão suspenderem o contrato. Uma das responsabilidades do ICI era criar programas de computador de um sistema para modernizar a arrecadação tributária da Secretaria da Fazenda. Segundo a assessoria do STJ, o ministro relator do recurso, Teori Zavascki, julgou que "nada de ilegal houve na dispensa de licitação". Os outros ministros acompanharam o voto favorável a Palocci.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Você consegue fazer isso?

Brasil de Meirelles: Dinheiro na mão, calcinha no chão.


O Brasil continuará se prostituindo no mercado financeiro global. O presidente do Banco Central continuará mostrando os dentes nos jornais e tirado a calcinha para os banqueiros. Continuará simples assim: dinheiro na mão, calcinha no chão. Meireles vai vencer o jogo e permanecer com a autonomia que deseja para embarcar sem controle as nossas riquezas . Ele é o chefe do prostíbulo Brasil. Um prostíbulo restrito a banqueiros e espertalhões que pilotam grandes fortunas. Com os brasileiros, o Brasil continuará sem fazer amor. Só um beijinho falso de 100 Reais por mês para enganar os descamisados traídos. Torço muito para queimar a minha língua. Quero muito que Dilma acerte. Mas só acertará se demitir essa 'prostituta chefe' do prostíbulo financeiro internacional, que leva nossas riquezas embora.


Fernando Haddad manda jovens estudantes para aquele lugar.
Segundo a a coluna do Ancelmo Góis, Fernando Haddad curtia uma boquinha livre na área vip do show de Paul McCartney quando alguns jovens começaram a gritar: "cadê o Enem?". O ministro da Educação, de pronto, mostrou o dedo médio para a garotada, mandando-os para aquele lugar. Ele é o ministro da Educação. Imagine o que farão os ministros dos Porcos citados pela dona Dilma quando o governo dela começar.


Leis.. As leis, urgentemente!
Muita gente anda delirando no que escreve. A falsa esquerda venceu e a falsa direita perdeu. Ninguém assume o seu papel porque a América Latina é um celeiro de analfabetismo político e de universidades esquerdopatas.
Há uma constatação razoável: Duas coisas que não existem é mercado absolutamente livre, nem homens justos e cordiais, prontos a dividir em nome do bem comum. Trata-se de falácias. Os homens, via de regra, não são bons. Por isso não podemos deixá-los sem leis.
A ganância sem limites também não leva a lugar nenhum, como mostrou recente a quebra do sistema bancário americano. Equilíbrio na implantação de políticas públicas e aplicação das leis é o caminho. Essa é a ideologia certa. O resto (direita e esquerda) é sinalização de trânsito.


Saúde na UTI, soluço tardio. Senta que é de menta.
Amanheci ouvindo queixas pelos rádios. O alvo era a saúde do município, que permite cenas de horrores nas filas de hospitais e postos de saúde.
Lembro perfeitamente que fiquei sozinho aqui neste Blog brigando contra Eduardo Campos. Ele nem fingiu que não estava ‘roubando’ a vida da nossa gente. Transferiu a gestão para Ouricuri como um cachorro leva vísceras de um matadouro clandestino. Morreu uma pessoa da sociedade; as queixas aumentaram um pouco. Diminuiu a dor da família; os ruídos sumiram. Eduardo levou quase todos os votos sem sequer pisar os pés em Araripina.
Agora volto a ouvir alaridos. Não ouvi ninguém dizer o nome dos culpados. Também pudera. Quase todos estavam debaixo do chicote de Eduardo Campos, “estranhamente” satisfeitos da vida quando era hora de cobrar, antes de entregar o voto.
Agora é tarde. Como diz a música: “Senta que é de menta”. Eduardo Campos, como diz a mesma música, raciocina assim: “Chupa de é de uva”.
Pimenta nos olhos dos outros para ele é refresco.
Se alguém considerar os termos desonrosos, reporte-se aos proprietários de veículos de comunicações e de gravadoras, que jogam isso nos ouvidos das crianças indefesas e dos adultos de gosto musical diferenciado.
Digo isso porque sei que ninguém vai fazer passeata para protestar contra Eduardo Campos. Vão preferir reclamar da menta e da uva.

domingo, 21 de novembro de 2010

O poste mijando o cachorro

Eu já disse aqui que não sei ao certo se o cachorro abana o rabo ou o rabo é que abana o cachorro. Mas agora me veio uma certeza concreta: da forma que as coisas estão em Araripina, o poste é que mija o cachorro.
Digo isso para pedir desculpas a um comentarista que postou aludindo (in) eleição de alguém para o conselho tutelar. Infelizmente, o filtro engoliu o comentário.
Não sei porque as pessoas me pedem na área de comentários para publicar foto de ruas esburacadas; de ruas com entulhos; de ruas com mato; de ruas com cavalos; de ruas com jumento. Não me peçam para maltratar minha cidade; para exibir imagens degradantes que por meio do blog correrão o mundo. Isso eu não farei. Araripina tem um CNPJ. É pessoa jurídica apesar dos pesares, e é lugar 'sagrado' acima de tudo. Sua imagem precisa ser preservada. Filho que é filho não expõe a imagem da mãe no leito de morte. Primeiro tenta salvá-la a qualquer custo. Se não consegue, expõe para que todos vejam a foto de quando ela era a mais bela das moças.
É o que podem esperar de mim. É o que posso ainda fazer: colocar uma foto de Araripina bem bonita; com praças e jardins floridos e bem cuidados; com gente sorrindo na praça, ao som da banda Maestro Álvaro Campos, ou com um livro aberto em frente a cara e não 'guardado' nas axilas. E, ao fundo, um prefeItálicoito magrelo dando ordens e conferindo até a altura do corte da grama; ou esbravejando porque os dois "cordões" de meio-fio da rua em construção não formam duas retas paralelas apontando para o infinito - mandando desfazer o mal feito e recomeçar um "serviço de homem".
Já postei muita coisa aqui. Para todas tenho provas. Temo postar fotos antigas de Araripina e ser questionado pelos mais novos: "Araripina nunca foi assim. Você está fazendo montagem?". Minha única salvação seria o híno do município. Poderei ser afrontado novamente: "Isto é coisa de ufanista".
Não sei mais o que dizer. Nao sei mais por onde passar sem ter que engatar uma ré. Só sei que falta energia porque o poste mija o cachorro, e não porque o cachorro mija o poste.
Alguém me empresta um lenço aí?
Um lenço não, um lençol!

sábado, 20 de novembro de 2010

Eduardo Campos falha e Petrolina entra na lista negra das cidades que mais demitem

A prova maior de que Eduardo Campos inverteu o processo de intereiorização do desenvolvimento iniciado por Jarbas Vasconcelos já está nos anais do IGBE, apontando encolhimento da população das cidades do Araripe e de muitas outras do interior do Estado. O que ninguém imaginaria ser possível, entretanto, era Petrolina ver sua economia encolher. Pois isto acaba de acontecer. A terra dos "Coelho" apresenta o pior desempenho do Brasil, segundo o CAGED: 2.700 empregos a menos em outubro.
A resposta para isto aparece no mesmo Caged: Ipojuca, na beira do mar, também em Pernambuco, ganha 2.750 empregos, com carteira assinada, no mesmo mês.
Não precisa dizer mais nada. Apenas cobrar explicações a Fernando Bezerra Coelho, que é petrolinense e secretário de Desenvolvimento Esconômico do Estado.
Ele entrará para a história como o presidente que rebaixou o Santa Cruz à quarta divisão e o secretário de estado que levou o interior a encolher.

A chapa de prefeito estaria formada: Valmir Filho e Emanoelzinho

Na boca miúda a afirmação é uma só: a chapa de prefeito da oposição estaria formada, inclusive com o aval de Bringel. O candidato a prefeito seria Valmir Filho e seu vice o filho do próprio deputado, mais conhecido como Emanoelzinho.
Nenhum dos citados foi ouvido pelo blog. Mas as fontes são boas, com acesso direto a Bringel.
Está faltando aí uma figura: a de candidato a deputado federal. Algum acerto deve está sendo feito. Ou estaria cedo para isso?
Qualquer desmentido ou complemento, favor usar com educação a área de comentários.

O Zé que manda está de volta


Triste Brasil. Hoje José Dirceu, o chefe da sofisticada organização criminosa do mensalão, cassado, escorraçado, corrido, bengalado, réu, relatou o seu café da manhã com o presidente dos crimes eleitorais, entre os quais aquele velho crime do caixa dois, saindo do repasto cheio de boas notícias. Virou o porta-voz da Dilma e do Lula. Não foi desmentido. Sabe quem será ministro. Sabe como estão as negociações. Sabe quem está cotado e quem não está. E pasmem para esta frase proferida por ele para a jornalistada baba-ovo em sua volta:

"Se o Supremo Tribunal Federal me absolver, a Câmara me anistia."
Ou seja: a Câmara fará o que José Dirceu quiser. Assim como fazia nos velhos tempos do mensalão.Ele voltou com tudo. E em política tudo tem o seu preço. Até mesmo o silêncio covarde da Oposição.

Dilma era a dona da chave do paiol do terrorismo. Ela distribuía granadas, fuzis, metralhadoras e sabia das ações com três dias de antecedência...

Da Folha de São Paulo:
A presidente eleita, Dilma Rousseff, zelava, junto com outros dois militantes, pelo arsenal da VAR-Palmares, organização que combateu a ditadura militar (1964-1985). Entre os armamentos, havia 58 fuzis Mauser, 4 metralhadoras Ina, 2 revólveres, 3 carabinas, 3 latas de pólvora, 10 bombas de efeito moral, 100 gramas de clorofórmio, 1 rojão de fabricação caseira, 4 latas de "dinamite granulada" e 30 frascos com substâncias para "confecção de matérias explosivas", como ácido nítrico. Além de caixas com centenas de munições. A descrição consta do processo que a ditadura abriu contra Dilma e seus colegas nos anos 70. A Folha teve acesso a uma cópia do documento. Com tarja de "reservado", até anteontem ele estava trancado nos cofres do Superior Tribunal Militar. Trata-se de depoimento dado em março de 1970 por João Batista de Sousa, militante do mesmo grupo de guerrilha do qual Dilma foi dirigente...

Quarenta anos depois, Sousa confirmou à Folha o que havia dito aos policiais -e deu mais detalhes. Dilma já havia admitido, em entrevista à Folha em fevereiro, que na juventude fez treinamento com armas de fogo. O documento do STM, porém, é a primeira peça que a vincula diretamente à ação armada durante a ditadura. Procurada pela Folha, a presidente eleita não quis falar sobre o assunto. O armamento foi roubado do 10º Batalhão da Força Pública do Estado de São Paulo em São Caetano do Sul (SP), de acordo com o DOPS (Departamento de Ordem Política e Social). A ação ocorreu em junho de 1969, mês em que as organizações VPR e Colina se fundiram na VAR-Palmares.
Lei mais...

Boré planta; Boré não poda.

Leitores do blog informam que o engenheiro agrônomo José de Sousa Costa Filho, o popularíssimo Boré, não ordena a realização de podas drásticas de árvores. A imagem, abaixo postada por indicação de um colaborador, retrata sua atitude como coordenador de uma ação em benefício do verde. A árvore que aparece "sacrificada" não perdeu os galhos por sua culpa. A imagem correu os quatro cantos do mundo e Boré recebeu dezenas de ligações. Explicou pacientemente que não é adepto de "serra-pau". Ao contrário, luta pelo verde e defende ações concretas para o bom paisagismo.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Chantagem em voz alta: Meirelles diz que foi convidado por Dilma para ficar no BC



Para medir o peso do Henrique Meirelles, presidente do Banco Central do Brasil, ele tem ao seu lado o presidente do FED americano, o presidente do Banco Central Europeu e o Diretor Geral do FMI. Os "três porquinhos" do Meirelles?
O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, informou nesta sexta que foi convidado pela presidenta eleita, Dilma Rousseff, para tratar sobre a sua permanência no cargo, prevista para terminar com o final do governo de Lula. O encontro será na próxima semana. Meirelles disse ainda que Dilma tem demonstrado apoio à autonomia da autoridade monetária. É um caso singular: o cara avisa que foi convidado antes da mulher informar que convidou. Não é pressão. É chantagem. Adeus, juro baixo!
Alguém duvida que Meireles deixaria algum pilar de pé, caso Dilma não cedesse? O Banco de Sílvio Santos foi só uma pequena demonstração do que ele é capaz de revelar e destruir.
Fica combinado assim: Dilma toma posse, mas quem continua mandando são os banqueiros, através do porta-voz Henrique Meireles.
A bolsa-banqueiro está confirmadíssima: 200 bilhões por ano.
A bolsa família continuará sendo distribuída, para anestesiar as massas. Há um porém: a cara e a fala de Dilma não se comparam ao jeitão usado por Lula para enganar os mais humildes. Dilma é muito petulante. Provavelmente a turma vai comer os 100 da bolsa família e exigir metade do bolsa banqueiro. Só Lula sabe iludir com perfeição.
Escreva aí: os problemas começarão a ser vistos. A imagem da favela será realmente imagem de favela; o buraco na estrada realmente voltará a ser buraco de estrada; os juros extorsivos do consignado passarão a ser assalto e deixarão de ser crédito fácil; a falta de água, os apagões, tudo passará a ser visto e sentido na tela da TV e na pele do cidadão. Fraude no Enem será fraude no Enem e pronto. Propina será propina e ladrão será ladrão. A anestesia era a cara e a fala de Lula. Este vestirá pijama em janeiro. E o Brasil voltará a ser Brasil, onde cada um conhecerá a si próprio e buscará as soluções, sem aceitar engodo nem interminável ilusão.

Zé Múcio não comparece a encontro de vereadores

Presença mais ilustre entre as anunciadas, o Ministro do TCU, Zé Múcio, faltou ao encontro regional de vereadores, que acontece no auditório do Centro Tecnológico do Araripe, em Araripina.
Bringel, cumprindo o final de seu mandato, compareceu. Raimundo Pimentel, recarregando as barerias em Portugal para mais quatro anos de labuta, entrou no time de faltosos encabeçado por Múcio.
A turma de vereadores que veio está com vontade de dizer poucas e boas. Digam aqui. Produzam o áudio e enviem o link.

Falsos médicos flagrados "trabalhando" em Exu e Trindade

A fiscalização realizada pelo Cremepe complicou a situação das Prefeituras dos municípios de Exu e Trindade.
Dois flagrantes de exercício ilegal de medicina em apenas 24 horas no Sertão de Pernambuco. Esse é o balanço da ação conjunta entre o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) e o Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), com apoio da Polícia Federal.

Nesta quinta-feira (18), a equipe de fiscais identificou o falso médico João Antônio Ravache de Alencar Rodrigues, que atuava há pelo menos um mês em plantões na Unidade Mista de Trindade, no município de Trindade, de acordo com a assessoria de imprensa do Cremepe.

Segundo informações, o acusado exercia ilegalmente a profissão utilizando o nome de Luiz João Rodrigues e número de inscrição 3064, ambos falsos. Em Pernambuco, esse número de registro pertence a uma médica chamada Ducinai Pierre Vieira, de 62 anos, e no Ceará, ao médico Luiz Jamil Rodrigues.

Durante fiscalização no hospital, o Cremepe apreendeu vários documentos, entre eles, um atestado de óbito emitido pelo falsário no dia 17 de outubro para um jovem de 20 anos. Segundo consta no documento, a vítima teria falecido de choque hipovolêmico por fraturas. O diretor do hospital, identificado apenas como Edvan, afirmou desconhecer os fatos, mas reconheceu ter contratado o falso médico sem exigir a documentação necessária.

O presidente do Cremepe, André Longo, prestou queixa na delegacia de polícia do município. “Vamos informar também à Secretaria Estadual de Saúde, pois há flagrante de fraude no atestado de óbito emitido pelo falsário. A rigor a morte violenta teria que ser encaminhada ao IML mais próximo, no caso o de Petrolina”, disse Longo.

O Cremepe e a Polícia Civil também apreenderam documentos que comprovam o pagamento em espécie ao falsário pela Prefeitura de Trindade. “A prefeitura precisa explicar aos órgãos competentes seus procedimentos de contratação e pagamento de pessoal com uso do dinheiro público”, cobrou Longo.

EXU – Ontem (17), a mesma equipe de fiscais flagrou um falso médico em plena atividade no Hospital Municipal José Pinto Saraiva, no município de Exu. Anestaldo Costalonga de Souza, de 32 anos, foi autuado por exercício ilegal da medicina ao ser flagrado na unidade com carimbos de médico, apesar de não possuir número de registro no Cremepe. O acusado foi levado à delegacia da polícia do município. O Cremepe abriu sindicância para apurar o caso.

Por Elba Galindo

Os numeros da era Lula

Aos números da era Lula, para posterior comparação.
Em 2010 no governo Lula:
Dívida Externa = 240 Bilhões
Dívida Interna = 1.650 Trilhão
Total da Dívida = 1.890 Trilhão
Juros que alegram os banqueiros e agiotas: 10% a.a
Gastos com juros (bolsa banqueiro): 200 bilhões
Valor de um bolsa família: 100 Reais mensais
Gasto anual com o Bolsa Família: 14 bilhões

Quando Lula deixar o cargo, a obrigação dos jornalistas bajuladores será a de puxar o saco de Dilma e esquecer que Lula existe, ou existiu. Já há até manual na internet, preparada pelos auxiliares da petista, para que ninguém puxe saco de forma equivocada.
Sabendo que Lula já era, vale a pena deixar anotado o resultado da sua era.
Se você discorda dos números, mande Lula corrigí-los.
Não entendo mais nada: é o rabo que abana o cachorro ou o cachorro que abana o rabo?

Audiência anunciada por Inaldo Sampaio

Deu no blog de Inaldo Sampaio, que recebe a agenda de Inocêncio Oliveira semanalmente:
"AudiênciaInocêncio Oliveira receberá na próxima 2ª, em audiência, os ex-prefeitos de Araripina Valmir e Dionea Lacerda (PR) que são conhecidos por lá como “casal 20”. Ambos já estão com a candidatura do filho, Valmirzinho, que é médico, nas ruas, para prefeito em 2012".
Provavelmente, Valmir Lacerda e a esposa Dionéa, ex-prefeitos, voltarão a controlar o PR (22). Devem conduzir Valmir Filho ao cargo de presidente desta legenda, pela qual poderá disputar a prefeitura.
O PR foi organizado por Valmir Lacerda, que recebeu Valdeir Batista quando este decidiu sair do PSDB. A expectativa de Inocêncio OLiveira era a de ser apoiado pelo empresário em Araripina. Este apoio não veio, como também não veio a candidatura de Valdeir a reeleição.
Inocêncio pretende fortalecer a legenda no estado, principalmente nos municípios pólos. A candidatura de Valmir Filho seria uma das mais importantes para o Partido da República no estado. Inocêncio tem força e quer ampliá-la ainda mais.

Hospital Santa Maria repaginado. Falta Eduardo Campos criar vergonha e enviar médicos e dinheiro.

Quem passa em frente ao Hospital Santa Maria se surpreende com a bela faixada. Uma reforma acaba de ser realizada na parte mais antiga do hospital. O acesso à maternidade voltou a ser no lugar de origem.
Para que fique claro, nenhum centavo lá aplicado foi liberado pelo governo de Pernambuco. Aliás, nem médico esse governador transfere para atender à população carente de Araripina.
Um dia ele paga politicamente pelas perseguições e atitudes desumanas.

Chorando a 'semente derramada'

De um engenheiro agrônomo apaixonado por propagação de plantas, um verdadeiro defendor do verde, lamentando a "semente derramada" depois da poda drástica de uma árvore em frente a Secretaria de Meio Ambiente: "O pior de tudo foi perder as sementes que a árvore já estava produzindo. É tão demorado chegar a esse estágio. O índice de germinação do nim é tão baixo. Perdemos a árvore, a sombra e as sementes". O assunto está rendendo.
Pior de tudo é saber que milhões de crianças estão sofrendo poda drástica do cérebro diariamente, com a falta de escola decente e de políticoas públicas realmente direcionadas para mudar o País.
Sem cérebro desenvolvido, não há semente de País que germine.

O passado de Dilma começa a ser desvendado. Assaltos, roubos, atentados à bomba... depois da eleição é estelionato eleitoral.

COMO QUALQUER ASSASSINO FRIO, QUALQUER PSICOPATA....
É tática de defesa. Qualquer bandido sabe que, para tentar anular uma confissão ou uma delação premiada, deve dizer, na hora do julgamento, que foi obrigado a confessar sob tortura para desqualificar o próprio depoimento. Ontem, o advogado do primeiro réu pelo assassinato do prefeito petista Celso Daniel alegou exatamente isso: foi torturado. Abaixo, reportagem de O Globo sobre a participação da então guerrilheira e terrorista Dilma Rousseff na luta armada. Clique na imagem para ampliar e ler a matéria.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Juro baixo foi só delírio. Henrique Meireles chantageou, denunciou parte do esquema do Panamericano e.... permanecerá no BC.

A única alegria que tive com a vitória de Dilma logo foi para a fogueira. Dilma anunciou que reduziria os juros para cerca de 2%. Era cachaça mal curada. Ela achava que mandava. Descobriu que quem manda é o capital especulativo. Fez cara feia. Recebeu cara feia como resposta. O PMDB mostrou as unhas. Ela mostrou que é fraca. Acaba de se agaixar. Os juros continuarão altos. Quem sabe chantagear é quem manda no Brasil. O PT finge que governa. Sílvio Santos está sorrindo. Se a gente bobear, ele leva mais 2,5 bilhões.
Tenha certeza de uma coisa: a partir de hoje a noite, as notícias vão melhorar para a Dilma. A unanimidade burra venceu outra vez. Meireles é o nome da unanimidade. Ele passa a colher em Mantega na hora que bem entende.
O que segue foi retirado do blog de Inaldo Sampaio, que só fala o que interessa ao esquema de Brasília-Palermo. Se for mentira, a culpa é dele:

1- Petistas confirmaram em Brasília, nesta quinta-feira, que Dilma Rousseff realmente convidou o ministro Guido Mantega para permanecer à frente da pasta a Fazenda e que ele aceitou.

2- Ele a presidente eleita reuniram-se hoje na Granja do Torto durante mais de duas horas, onde foram discutidos os rumos da economia para o ano de 2011.

3- O anúncio oficial deverá ser feito até segunda-feira junto com a de Henrique Meirelles na presidência do Banco Central.

O nem nem...

Algumas considerações sobre o Enem se fazem necessárias. "A audiência da novela é baixa", mas nem por isso o silêncio pode prosperar. Abaixo a mediocridade já! "A luta continua, pelegada!
No momento em que a prova passou a ser parte ou até o todo da avaliação para ingresso na universidade, perdeu o sentido de medir a qualidade do ensino médio. Hoje a prova virou parte da média para ingresso na universidade pública. Também é parte do critério - a outra parte é renda - para obter uma bolsa do Prouni, que permite ingressar gratuitamente ou pagando apenas 50% do preço nas universidades privadas. Infelizmente, como nenhuma instituição de ensino gosta de ser avaliada, o Enem perdeu completamente o sentido. E tirar o sentido das coisas é a maior especialidade do petismo.Criou-se um grande pacto de mediocridade. A escola aceita o Enem porque não é penalizada em nada pela baixa qualidade do aluno que forma. A universidade aceita o Enem porque é obrigada para ter isenção de impostos garantida pelo Prouni ou receber as verbas liberadas pelo MEC. O aluno não fala absolutamente nada porque é obrigado a fazer ou não entra na universidade. E por aí vai. Diz o PT de forma indireta e em voz rancorosa: "lasquem-se todos"

Que coisa linda! Chamem o IBAMA, o promotor que cuida do Meio Ambiente, o Carlos Minc...



Estas imagens o Meu Araripe recebeu de um colaborador. Coincidentemente, chegou na hora certa. Na exata hora que me cobravam para falar das praças.
Pois aí está. Esta forquilha era uma planta. Ela foi podada pela prefeitura. Fazia sombra para a fachada da Secretaria de Meio Ambiente. Parece que foi cortada justamente para deixar de fazer sombra. Nunca mais será uma árvore. No máximo, será um pau que não sobe; que cairá com as ventanias de agosto.
Que belo exemplo! Que decisão sábia...
Jogaram dinheiro fora, trazendo a turma da Enlurb, semana passada, para ensinar a podar. De nada adiantou gastar com a turma que correu o Brasil recolhendo informações valiosas para ensinar como cuidar de plantas e paisagens.
Com essa, nem Tiririca vai concordar.
Em vez de serviço de podador, pediram atitude de um serra-pau.

Pediram para falar de flores e de assuntos locais

Um leitor que pediu anonimato, mas postou seu e-mail atabalhoadamente, me sugeriu duas coisas:
1) Falar de amenidades, do tipo revista "Capricho" e Programa de Luciana Gimenez; e postar foto de mulher nua;
2) Abordar os temas locais. Sugeriu câmara de vereadores, eleição da mesa dela, prefeituras municipais, qualidade das praças e jadins da cidade, time do Bode.

Vamos por parte:
1) O Meu Araripe é um blog anônimo e respeita o anonimato. Por isso, deletou o comentário e o endereço eletrônico do comentarista desatento;
2) Por ser anônimo, fica impedido de pedir informações públicas publicamente. Isto impede a construção de posts locais mais realistas do que o rei, como é o nosso dever;
3) A câmara de vereadores fala bonito e difícil, bem além da nossa capacidade de interpretar;
4) A eleição da mesa já foi decidida. Isto tudo tem um custo. Não sei quem venceu nem o que custou (em termos de desgaste emocional e não material) - Não sou otário para acreditar em olé narrado por locutor de rádio que transmite jogo de várzea para torcedor apaixonado que mora na China;
5) As praças estão lindas. Minha câmera tem vergonha e fica acanhada de passar por perto, de tão modesta e tecnologicamente atrasada que é;
6) O Tribunal de Contas do Estado e também da União estiveram por aí. Fazem isso rotineiramente. Mas esse pessoal, às vezes, já chega com leite de aveloz nos olhos.
7) Ainda não vi o time do Bode junto. Sei bem que a torcida é grande. Só não e maior do que a minha. O time está sem jogar, mas entrosamento se adquire ganhando do Sport na primeira rodada.
8) Mulher nua não entra aqui. Se entrar a gente....

Outro chantagista aparece para atormentar Dilma

Severino Cavalcanti derruba Brasília em meia hora. Tem bomba, mas só precisa usar traque. Veja o que ele disse:
"Está todo mundo de olho no Ministério das Cidades, mas ele já tem dono e o ministro será Márcio Fortes. O ministro deu a eleição a Dilma porque fez tudo que Lula mandou ele fazer".
Anotem esse último trecho. Márcio Fortes fez tudo que Dilma mandou fazer. Quando aparecer o mal feito maior, já sabemos quem fez e, principalmente, quem mandou fazer.
Palavra de Severino da Burra.

Ela vai dar conta?


Confira aqui depois de passar a vista nos posts abaixo.

Conselho da "mosca" amiga

Quem tiver preferência pelas notícias chapa-branca produzidas na Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto ou na "cozinha" de Eduardo Campos, deve evitar entrar no Meu Araripe. Nossa missão aqui é desmentir tudo que eles inventam. Partimos do princípio que toda unanimidade é burra. Para ler as mentiras ou bajulações produzidas pelos patronos do engodo, as opções são muitas. Basta acessar blogs da capital estadual e sites oficiais. Por oficiais pode ser entendido todo e qualquer grande jornal do Brasil, que junto com Sílvio Santos venderam a alma ao diabo por 2,5 bilhões ou mais.
Aqui e no cotidiano serei radical sempre. Até a assinatura da Veja eu cancelei, depois de assiná-la por 20 anos seguidos. Não perdoei a Editora Abril pela chantagem que fez na última semana de campanha para ganhar o mesmo que Sílvio Santos ganhou. Está vivo na memória que eles conseguiram gravações reveladoras do esquema comandado por Dilma, informaram a existência do áudio e adiaram a publicação da revista semanal. Isso tabém não saiu de graça.
A Veja poderia ter mudado o resultado da eleição e o destino do Brasil. Preferiu silenciar, colocar o rabo entre as pernas e o dinheiro dos anúncios no bolso.
Pois vou continuar seguindo parte dos ensinamentos do grego Sócrates: "Sendo a mosca" de vez em quando.
Não tomem tudo ao pé da letra. Sejamos modestos aqui. Tanto você que acessa com motivos e eu que escrevo com peso na 'língua'. O grego assumiu que teria de ser este (finalidade do blog) o lema considerado por todos os seus concidadãos, e que ele (Sócrates), inquirindo Atenas, ajudou a cidade a não ter cidadãos que não se questionavam. Viu esse feito como uma realização pessoal – e que ele chamou de o seu “filosofar” –, algo que, enquanto ocorreu, assim se fez, obrigando toda a Atenas a uma nova atividade, a de pensar e se questionar com ele. Como ele mesmo disse, sua figura havia recebido o apelido de a Mosca de Atenas, pois sua façanha, ou seja, o seu filosofar, havia sido o de colocar toda a cidade a se examinar por meio de uma incessante importunação dos cidadãos.
Sei que os donos do "instrumento tradicional" de fabricar opiniões preferem a bajulação. Não contem com o Meu Araripe para finalidade tão pobre e retrógrada.
Prefiso escrever e ser o leitor único ao mesmo tempo. Mas vejo no contador de visitas que estou bem acompanhado. Mais de mil 'moscas' entram aqui. Tem um prato de sopa ali? Já era!...
Um dia, quando algum avanço for notado; quando um único menino aprender a ler direito e a pensar questionando o "freio" imposto - e reagir, como gostaríamos de ser capazes-, certamente alguém dirá que tínhamos razão em lutar para desativar esse freio criminoso que tenta travar o avanço da humanidade, que já seria lento e impreciso, mesmo que tirassem definitivamente as amarras oficiais.
Bom dia pra você que discorda também. "Abestado!", Como bem sintetiza o seu deputado Tiririca.

“Vota neu dinovo abestado”.





Para elles, 62% de aumento. Para o eleitor ‘abestado', estão brigando para dar menos de 600 Reais.



Os secretários estaduais querem aumento de 100%. Para eles, pode?
Em 2006, os salários dos deputados, senadores e do presidente da república foram atualizados, com uma correção de 28,5%. Inflação cheia. Passados quatro anos, os deputados, senadores e a nova presidenta querem um aumento de 62%. Isso mesmo: 62%. Até o final de 2010, a inflação acumulada de 2006 a 2010 será de no máximo 22%. Ou seja: eles receberão um aumento real de 40%. Serão bilhões e bilhões de dinheiro público, nos próximos anos, destinados a pouco mais de 600 bolsos, em detrimento de investimentos em favor de 190 milhões de brasileiros. O salário de um deputado será reajustado para R$ 26,7 mil. O mesmo salário de um ministro do Supremo Tribunal Federal. O Tiririca vai ganhar a mesma coisa que o Gilmar Mendes. Se o Tiririca não der um único discurso, não participar de uma única votação, não apresentar um único projeto de lei, ninguém vai cobrar nada e o dinheirama vai estar lá depositada, no final do mês. Tiririca é apenas um entre 513. Quinhentos e treze o que? Nos anos 80, o presidente Lula disse que o congresso contava com 300 picaretas. Depois dos oito anos de Lula, passou a serem mais de 400 picaretas e um palhaço profissional.


A máfia está agindo descaradamente em Brasília-Palermo
Ontem, a máfia do bloquinho, sentindo-se ameaçada pela máfia do blocão de Sarney, implantou um sistema de escuta dentro da sala em que a equipe de Dilma discutia o destino das Leis que reajustam o salário mínimo e cria o Piso Nacional dos policiais. O agente apagou a parte em que Lula falava e entregou o resto da encrenca para a imprensa. Saiu bem audível que é impossível continuar enrolando os policiais; que estes vão fazer uma greve descomunal a partir de janeiro, quando Dilma assumir. Provavelmente a gravação foi feita por Paulinho da Força, o deputado enrolado até o pescoço em empréstimos nebulosos e notas fiscais frias. Foi só um recado de um bandido para os demais de sua laia. “Gravação comprometedora em Brasília todo mundo tem”. O Meu Araripe já recebeu a gravação inteira, talvez de um agente de contra escuta. Nela, o chefão dos chefões promete tocar fogo no Brasil através dos dez minutos semanais que dará às centrais sindicais na TV. Sim! A partir de agora você ouvirá os pelegos mandando recados para desestabilizar o sistema e chantagear o Poste de Lula.
O bom seria que eles do blocão e do bloquinho continuassem brigando. Mas esqueça isso. Eles voltarão a se entender quando as chaves dos cofres forem rateadas. Não vão se matar no meio da rua. Nós continuaremos pagando a conta.
A culpa é sua? Minha não é. Além de não votar nessa laia, combati até o último minuto os ‘garotos’ da Sicília. Quem votou neles foi a turma que aplaude Sílvio Santos, chora com o Teletom e considera Tiririca um bobo da corte. Só quero fazer um adendo: Titirica foi útil e utilizado para eleger Protógenes Queiroz e Valdemar da Costa Neto, dois “brasilienses” de alto poder destrutivo. Mas, com ele, pior do que tá não fica.