sábado, 31 de julho de 2010

Dilma: Mais um comício sem gente


Uma mega estrutura foi montada para receber Dilma na "Boca Maldita", em Curitiba, hoje pela manhã. Mais um fiasco de público.
Depois do comício dos 100 mil que virou dos 500 no Rio; e do mega comício que virou palestra em Ginásio fechado de Garanhuns, o PT segue sem imagem para colocar no guia eleitoral.
Mas a ex-guerrilheira já conta com uma pesquisas fraudada pelo IBOPE para substituir as imagens. Qualquer truque para multiplicar público nos comícios mencionados será desmentido aqui e em outros blogs independentes do Brasil.

ENQUETE NOVA AO LADO

Tem enquete nova aí ao lado. Inclui opção de voto branco e nulo, a pedido de alguns leitores, que enviam suas mensagens desaforadas, mas sempre bem vindas. Podem continuar batendo. Não acerta em mim porque o alvo está errado. Votem novamente, porque a anterior foi "abortada" para atender apelos dos insistentes.
Por enquanto (momento dessa postagem), havia um inusitado equilíbrio. A turma de Divanágoras estava dormindo. Acorda, Paulo!
Em tempo: o prefeito apertou as porcas. Está dando resultados aqui. Veremos nas urnas.

A campanha majoritária comaça a chegar

O CONFRONTO QUE EXISTE NA MENTE DO POVO É ESSE:

Retomando aquele tema aqui abordado, acerca de candidatos a deputado que se entregam a governador, deixando de lado o palanque majoritário a que tem direito.
Hoje é sábado. Você começou a ver o apelo visual das majoritárias. Só o começo de uma delas.
Perguntar não ofende a quem tem mente sã: algum candidato a deputado tem alguma chance de sobreviver sem palanque majoritário para chamar de seu?
Essa é uma campanha midiática. Quem tem dinheiro nadará com e sobre ele no rio das piranhas. Quem não tem, precisará de um argumento muito sólido, de um plebiscito local. Ninguém estabelece plebiscito montado no mesmo palanque do adversário, humilhado por ele, mostrando um retratinho tirado em lambe-lambe; com um sonzinho de rã escondida no pote da cozinha. Não adianta exibir foto em frente ao portão da casa do Príncipe. Qualquer pedinte de rua faz a sua com um aparelho celular. A honra pesa milhões de vezes mais. Não há chefia do Detran ou da GRE que recrie uma honra perdida.
Quem vendeu o direito de usar o plebiscito terá que se virar sem ele. Muito difícil. O guia eleitoral nem começou. As campanhas majoritárias só apresentaram as credenciais. Os candidatos proporcionais começam a sumir do imaginário só por isso. Imagine quando TV e rádio exibirem as primeiras mensagens.
É digno de piedade todo aquele que não usa o cérebro emprestado Deus. Alguém entendeu o que algum candidato a deputado disse hoje? Sendo fiel aos fatos: Já aprendi um número que não sabia. Eu e todo mundo.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Bezerrinha: "Eu quero esse vereador, papai!"

Vergonhoso. Assombroso. Nojento. Deplorável. Digno de escárnio. A cena remete-nos a comparar com a de um brutamontes forçando para estuprar uma inocente e incapaz, com o pai da vitima olhando e até segurando, tudo em troca de algum dinheiro.
Esta noite, na saída de um restaurante badalado da cidade, lá estavam os estupradores de consciência, os copradores de eleitores, sendo reverenciados e até assediados por horríveis vendilhões da alma araripinense. Dez e mais uns politiqueiros que entregam o desenvolvimento da cidade em troca de migalhas.
Sem o menor escrúpulo, o 'incapaz' Fernando Bezerra Filho agarrado ao telefone, ao lado de um assessor também 'incapaz', aos berros: "O vereador me ligou! Eu quero ele, papai!. Tá aqui o número: 9995(...)". É o que se pode chamar de filhinho mimado do papai. Um ingênuo à serviço da máfia. Um boi (bezerro) de piranha.
E prosseguiu a conversa, feito pinto em pé de pilão, vibrando porque recebeu o retorno telefônico de um vereador que se vende e vende o que não tem. Não aguardei para ouvir o resto da conversa. Não quis saber o nome desse verme que vende o voto de eleitores e a honra da nossa terra. Eu certamente estaria externando aqui. Melhor ter tapado os ouvidos para não saber. Pode ser da vizinhança.
Quando você se deparar com adesivos de Fernando Bezerra Filho, fique sabendo: ele não pagou só um jantar.
Dê o troco: escolha um candidato bem diferente, bem decente, e proteste. não ajude, não permita que deixem transformar Araripina em curral de Petrolina.


Ibope dominado
Como antecipamos aqui, o PT bateu a porta do IBOPE até arrombar. Levou o que queria: um resultado favorável à Dilma. Você sabe perfeitamente que não foi pesquisado, que não é isso o que existe, que não deu procuração ao IBOPE para decidir seu voto. Os institutos estavam assombrados com os resultados discrepantes e decidiram criar uma média. É negócio. Virou palhaçada. Quem paga leva.Quem tem ouvido escuta.
O Brasil virou Bolívia: só falta prender o líder indígena que faz a concaína. Já compraram o dono do 'instituto' para fabricar pesquisas drogadas.
O usuário Fernando Collor, aliado do PT, já começou a ameaçar jornalistas. Daqui a pouco manda matar, como matou PC Farias. Pobre Brasil. Hugo Chaves está radiante: pensa que realizará seu velho sonho de desfilar despido à luz do dia na praia de Ipanema.
Não se trata de arriscar palpite. É fonte de informação. Quarta-feira nós postamos aqui que o PT queria comprar 5% acima de Serra. Na mosca: o IBOPE vendeu. Pode descer que encontrará a postagem.



Ex-presidente Itamar Franco formaliza apoio a José Serra
O ex-presidente e candidato ao Senado Itamar Franco (PPS) formalizou na tarde desta sexta-feira (30) o apoio à candidatura do presidenciável José Serra, do PSDB, em encontro realizado na casa do ex-governador mineiro Aécio Neves. Serra afirmou ter saudades do período de Itamar à frente da presidência, dizendo que o mineiro conduziu o Brasil à estabilidade depois de 15 anos de superinflação.
"O apoio de Itamar representa para mim um fato de importância política, eleitoral e moral", disse o presidenciável tucano.


Palácio silencia outro radialista. Desta vez na Rádio Olinda.
O governador empenha-se em eliminar a voz de qualquer um que lhe faça crítica. Primeiro tenta comprar, para converter em bajulador, ou em último caso para silenciar. Quando o radialista não se rende, vem a retaliação por cima. Os métodos medievais do Príncipe atingiram outra voz independente: o radialista e jornalista Edvaldo Morais, um dos campeões de audiência das manhãs da Região Metropolitana, que deixou a Rádio Olinda, emissora da Arquidiocese de Olinda e Recife, porque não concordou com as mudanças que vinham sendo impostas ao seu programa "Show de Rádio", onde as principais atrações eram a interação dos ouvintes, o seu comentário diário, comentários de conteúdo político e severas críticas as administrações públicas.
Há dez anos que o "Show de Rádio" ocupou o horário das 5h às 9h sempre dando um tratamento noticioso e crítico aos fatos sem qualquer coloração ideológica ou partidária.
A nova direção liderada pelo radalista Aderval Barros impôs uma série de mudanças mutilando o formato original, diminuindo o espaço da participação dos ouvintes, retirando os comentários políticos e introduzindo no horário nobre da rádio, entre 7h e 9h temas que não atraem os ouvintes.
“Jamais aceitarei ficar trabalhando num local com censura", garantiu o radialista.Pernambuco não aceita a liberdade de expressão e passa feito trator sobre



Prefeito diz que tem lado e não se vende
Falando há pouco num ato em Santa Maria da Boa vista , o prefeito Leandro Duarte, do DEM, revelou que foi tentado a aderir o palanque do governador Eduardo Campos, mas não cedeu. “Não há dinheiro nenhum que compre a minha consciência. Eu tenho lado, estou com você Jarbas”, desabafou.
Leandro fez em seguida duras criticas ao Governador. “O seu governo abandonou os assentamentos”, disse. Leandro revelou que já ouviu declarações de prefeitos de que estão envergonhados por terem aderido a Eduardo. “Eles andam de cabeça baixa, envergonhados. Mas nós estamos de cabeça erguida porque integramos o grupo dos prefeitos que não se vendem”.

RAMO DAS FRAC: Sacerdote que abençoou Evo é preso com cocaína


Valentín Mejillones foi preso em casa processando a droga vestido com suas roupas cerimoniais
Valentín Mejillones, o sacerdote aimará que abençoou a posse de Evo Morales em janeiro, foi preso com 240 quilos de cocaína líquido, ao lado de um casal de colombianos, nesta quinta-feira, 29.
De acordo com o diretor do departamento antinarcóticos da polícia boliviana, ele foi detido na noite de terça-feira em sua casa, em El Alto, na Grande La Paz, processando cocaína, vestindo suas roupas cerimoniais. O filho do sacerdote e um casal de colombianos ainda não identificado pela polícia estavam no local do crime.


Uribe 'deplora' declarações de Lula sobre crise O Globo
O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, considerou nesta quinta-feira "deploráveis" os comentários feitos pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a crise com a Venezuela. Em breve comunicado, o governo de Bogotá diz que o líder brasileiro ignora a ameaça para a região representada pela "presença de terroristas" em território venezuelano.
- O presidente da República deplora que Lula, com quem cultivou as melhores relações, se refira a nossa situação com a Venezuela como se fosse um caso de assuntos pessoais, ignorando a ameaça que representa para a Colômbia e o continente a presença dos terroristas das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) nesse país - afirma a nota oficial.


Um a menos
Saiu da disputa mais um candidato da chapa do PSDB a deputado estadual. Já muito reduzida no lançamento e combalida por conta do debate da Ficha Limpa, perdeu mais um que seria calda. O desertor foi o vice-prefeito de Petrolina, Domingos Sávio, que deveria obter cerca de 30 mil votos.


Um a mais na chapinha do PMDB
Quem chega para substituir o tucano que saiu da disputa foi outro petrolinense ligado ao prefeito Julio Lóssio, que apoia Jarbas e Serra. É do PPS, partido que junto com PMDB e PMN formam a melhor chapinha desta eleição.

Turma do PT ataca outra vez: Collor ameaça jornalista e promete tapa na cara

Apenas e tão somente porque a revista IstoÉ divulgou que seu nome foi incluído na seleta lista de políticos alagoanos com "ficha suja", Fernando Collor telefonou para a sucursal da referida revista, em Brasília. Do outro lado da linha, o repórter Hugo Marques, autor do texto contra o raivoso senador recebeu as ameaças e, sabiamente gravou. Ouça:

Ainda há na imprensa gente defendendo esses malfeitores, pistoleiros, que se livram dos desafetos e a até de aliados incômodos através da pistolagem. Que não percamos de vista o caso de PC Farias, assassinado para que o escândalo Collor fosse esquecido e não mostrasse suas entranhas. A própria ex-primeira dama de Alagoas, Roseane, sofre ameaças de morte e afirma que o ex-presidente é praticante de magias negras com secreifício de pessoas e animais.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Segunda Música de campanha de Jarbas.

Clique aqui para ouvir

Turma do PT: Collor liga para jornalista e faz ameaça de 'enfiar mão na cara'

O senador e ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTB-AL) ligou para a redação da sucursal de Brasília (DF) da revista IstoÉ, na tarde desta quinta-feira (29), e ameaçou esbofetear o jornalista Hugo Marques por conta de uma nota na edição de 21 de julho sobre o pedido de impugnação da candidatura do político alagoano.

"Quando eu lhe encontrar, vai ser para enfiar a mão na sua cara, seu filho da puta", vociferou Fernando Collor após explicar ao repórter o motivo de sua ligação.

Nunes Rafael sob pressão para desistir

Depois de chafurdar a 'água' que os candidatos forasteiros querem beber limpa, Nunes Rafael enfrenta verdadeira prensa para desistir da candidatura a deputado federal. Mais exatamente cinco dias de conversa e promessas de entrar 'no paraíso'. Está na capital, onde os anfitriões costumam servir vinho francês com queijo suíço, a cada quatro anos.
Quando retornar terá muito que falar. Se desistir, terá dificuldades de explicar. Se continuar, terá dificuldades de 'penetrar'. Para quem tem carro-de-som, isso não é problema.
Danda Simeão está todo se coçando. Na torcida.


Bruno Araújo chega mais 'rosado'
Depois de algum tempo sumido, o deputado federal Bruno Araújo retorna a Araripina para conversar cara a cara com os aliados que restaram. Parece mais disposto e com fôlego redobrado. Sua parceria predileta é com o médico Divanágoras. Este pretende mesmo é se atracar com Sérgio Guerra, mas terminará cedendo aos apelos do cunhado Valdeir Batista.


Prefeito faz reunião e apeerta os 'parafusus1
Lula Sampaio fez reunião e deixou claro: quem for seu aliado vota em Raimundo Pimentel e Wolnwy Queiroz. Muita gente se engasgou, ao ouvir o nome do 'cururu' de Caruaru. "Nunca ouvi falar", teria resmungado um, se dirigindo a quem inventou o apelido.
Perguntar não arranca adesivo: Em Roberto Teixeira e Divanágoras, pode? E na mãe do Príncipe? (que aqui a gente não cita o nome para não promover).


Todos do PETI
Agora o caso PETI de Araripina não é exclusividade da oposição. Importante dama foi vista desfilando com adesivo da chapa prioritária de Lula Sampaio - De governador a senador - , a mesma que Evilásio Matheus e Carlos Maia defendem publicamente. Quando será o almoço de conciliação geral? Mandem fotos....
Conselho: não usem almôndegas no cardápio. A turma maliciosa vai dizer que saiu da merenda das crianças. Calabresa, pooode!
A sorte de Evilásio é que ele só come tilápia de Lagoa do Barro. Conseguirá se explicar melhor. Bem que poderia começar a abastecer o frezzer dos colegas para livrá-los de discursos maquiavélicos.

Roberto Teixeira se assusta com pesquisas e fecha torneira

O candidato a deputado federal pelo PP, Roberto Teixeira, tomou um susto ao se deparar com seus índices de voto em Araripina. Tomou uma decisão equivocada: fechou as torneiras. Só reabrirá quando atingir 10% nas pesquisas.
Quem conhecer esse jovem moço promissor ofereça a ele uma cadeira de praia para esperar bem acomodado. Aproveitando a oportunidade, aconselhe-o a fazer diferente: abrir mais as torneiras e baixar a meta para 2%. Parte dos eleitores daqui só gosta de muito. Até agora só viu alguns adeivos solteiros. Estão esperando adesivos com onça. Muitas onças. Corrigindo: muitos adesivos com discurso no verso.


Raul Henry percorre capital
O deputado Raul Henry continua sua rotina de visitar os bairros de Recife. Descobre a cada dia que nos últimos dez anos de PT quase nada foi feito na periferia. Está enganado: muita propaganda foi ao ar.

Governador desiste de visitar Araripina. Acha que comprou todo mundo?

Depois de obrigar seus aliados e adversários locais sentarem num mesmo banquinho, de castigo e em silêncio, aceitando tudo calado e sem resmungar, Eduardo Campos está decidido a não pisar em Araripina. Por dois motivos:
1) Não quer se comprometer com nada, nem mesmo com a saúde do nosso povo;
2) Evitar o amarelo "ovo".
O PRÍCIPE teme vaias e manifestações que não cheiram bem.
Araripina vai dar o troco ao AMARELO.
Hoje a rima mais repetida entre manifestantes revoltados era a seguinte:
"Ô amarelo
Pode esperar
Sua derrota chega JÁ!"
O JÁ é uma referência a Jarbas, o candidato preferido.


Amarelo goela abaixo
A turma de Evilásio Matheus está de adesivo amarelo pronto para estampar no carro de Edvaldo, quando este estacionar na Lagoa do Barro. É muita maldade.

Araripina: Troco ao amarelo resultará em derrota humilhante de Eduardo Campos

A população de Araripina conta os dias para dar o troco ao amarelo. E olha que essa cor ficou mais vistosa, bem em frente à Igreja Matriz, onde se instala milionário comitê. Eduardo Campos vai precisar mesmo de muita proteção divina.
Os revoltados, que não são poucos, vão despejar potência em Jarbas Vasconcelos, dando aqui em Araripina, possivelmente, a maior surra que um governador em exercício já levou numa campanha de reeleição.
Vão se somar aos revoltados com a administração municipal, os insatisfeitos com o atual governo de Dudu e muitos que são da própria administração Lula, mas querem ensinar a Eduardo Campos respeitar aliados que deu sangue, e em recompensa recebem traição, humilhação e partilha do quinhão com adversários locais.
De nada adiantou a reunião “pressão” que o prefeito realizou ontem. A turma saiu mais 'envenenada' ainda e disposta a mandar um recado (se liga!) nas urnas.
Araripina vai para as páginas das principais revistas do Brasil como a terra em que o eleitor mandou os políticos adesistas e os aderidos às favas. Será tema digno de tese de mestrado na faculdade que formou Barack Obama, como exemplo de povo independente, que rompe o cabresto e 'enforca' o opressor com sua própria corda.
As pesquisas apontam uma revolta de quase 80%. Pode ser este o tamanho do tombo do príncipe que compra quase todos os falsos líderes na tentativa de se livrar do julgamento e das cobranças do povo.


Mau marido, mau político!
Coisas cômicas da política. No Rio, a advogada Dirce Rocha pediu a impugnação da candidatura a deputado estadual do seu marido, Guilherme Nascimento (PMDB), por um motivo inusitado: ele perdeu o emprego e atrasou contas de casa para se dedicar exclusivamente à campanha. Quem não serve para ser dono de casa não pode se meter com política. Se bem que Brasília virou lugar de bandido, ladrão e incompetente.


Estradas deficientes chegam a 69%
Investimentos ainda são insuficientes; Cide não é usada integralmente
Dados da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostram que o índice de estradas brasileiras em condições deficientes ou péssimas é de 69%. Os números do levantamento referem-se à situação do Brasil em 2009.
De acordo com a pesquisa da CNT, 42.668 quilômetros de estradas brasileiras apresentam problemas de pavimento e de sinalização. "Existe, assim, a necessidade urgente de melhoria, para que o sistema de escoamento da produção seja eficiente e capaz de dar suporte à retomada do crescimento da atividade econômica", recomenda o estudo.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

ONDA AZUL: Serra também vence no Espírito Santo.


O Ibope acaba de divulgar pesquisa no Espírito Santo. Serra 38% x Dilma 36%. É muita coisa. Em 2006, Lula venceu lá por 53% x 37% de Alckmin. É o começo do fim do terrorismo que planeja se instalar.

Jarbas insere Canal do Sertão e escola integral no Programa de Serra


Ao final da reunião de trabalho entre as equipes de Jarbas Vasconcelos e José Serra encarregadas de elaborar os planos de governo estadual e federal, uma grande conquista para o Araripe se confrma. Jarbas conseguiu que a equipe de Serra incluísse o Canal do Sertão, por ele batizado de Canal da Fatura, entre as prioridades nacionais. O Canal do Sertão é uma obra hídrica que beneficiará a região Araripe, por onde tem início a perenização de riachos, formando um arcoíris que desemboca de volta no Rio São Francisco, atrvés do Rio Pajeú. É uma conquista do PMDB de Araripina, que vem defendendo essa obra em todos os encontros com o candidato da oposição. A obra visa irrirgar as terras mais férteis do estado para a produção de alimentos e promoverá a geração de milhares de empregos. O Canal da Fartura deveria ter sido iniciado e concluído antes das obras de transposição. Era isso o que defendia Jarbas quando governador.
Outra grande conquista está relacionada a educação. Jarbas pretende implantar escolas integrais na rede estadual, beneficiando alunos (melhor aprendizado) e professores (elevação dos salários). De imediato, sendo adotado o regime integral, será necessária a contratação de mais profissionais para atender a demanda.
Outras propostas acolhidas pelo candidato José Serra não foram divulgadas. Razão: Dilma vem sistematicamente se apropriando de obras e ideias do candato tucano.

Cláudio Marinho (foto) é o cordenador do Programa de Governo de Jarbas Vasconcelos, de quem já foi Secretário de C&T e posteriormente Planejamento.

Raul conhece a realidade da Comunidade Lemos Torres


Falta de habitação e políticas públicas para a juventude. Esses são os maiores problemas das 500 famílias que moram na Lemos Torres, em Casa Forte. Nesta terça-feira (27), o deputado federal Raul Henry, candidato à reeleição, conferiu de perto a situação dos moradores da comunidade.
Segundo o comerciante e morador da Lemos Torres, Humberto Bezerra, a população vem sofrendo com a falta de trabalhos que envolvam os jovens. “Precisamos investir mais nos nossos jovens com trabalhos educacionais, pois eles são o futuro da nossa comunidade”, declara.
De acordo com o deputado Raul Henry, a visita porta a porta é de extrema importância. “Além de conhecer a realidade das pessoas e de estreitar a relação, essa é uma boa oportunidade para discutir o futuro do Estado”, afirma.

Dia 5 tem debate na BAND

Todos estão curiosos para ouvir Dilma Rousseff pronuciar quatro frases sem a providencial ajuda de um assessor. O problema é que a TV já estebalece o tempo que cada candidato tem para responder e fazer perguntas.
Dia 5 de agosto o eleitor terá a oportunidade e medir a capacidade dos concorrentes ao Planalto. A Rede Bandeirantes levará ao ar o primiro debate entre os principais candidatos. Um debate meio engessado, mas que jogará luz nas deficiências e eficiciências.
O Segundo homem mais 'querido'.
Depois de Lula Sampaio, o segundo homem “mais querido” de Araripina está sendo Sinval Ferreira. Boba Sampaio se livrou das cobranças e começou a administrar apenas as bonanças do poder. Sinval ficou segurando a vela dos que fazem prece para receber o atrasado. Mais um pingo de cera quente escorre sobre o dedo. Tem gemido? Ele nem sente. Aprendeu a ouvir apenas o que interessa.



O prefeito cumpre tudo que prometeu
Hoje, a conversa entre quase todos era salário atrasado na prefeitura. Debates acalorados entre aliados do prefeito. Uns atacando e outros defendendo. Os que defendem usam o seguinte argumento: “O prefeito prometeu emprego, ele não prometeu pagar o salário!”. Nem os adversários são tão criativos.


Araripina a apenas um mês da vaquejada
Embora ainda sem programação oficial conhecida, a expectativa na cidade é de uma grande vaquejada. Estamos vivendo ano de eleição, em que o governador Eduardo Campos precisa de uns votinhos, e por isso não se cogita que ele e Armando Monteiro mandem reforço extra para que o prefeito realize a maior vaquejada de todos os tempos.
Os comerciantes já podem renovar os estoques? Com a palavra, o prefeito Lula Sampaio.
Ficha suja e trânsfuga
O ex-prefeito de Gravatá, Joaquim Neto (PSDB), que se vendeu por qualquer coisa ao palanque do governador Eduardo Campos, está pendurado na lista dos ficha suja e pode perder o direito de disputar a eleição para deputado estadual. O processo mais cabeludo, de surrupiamento do dinheiro do Fundeb, caiu nas garras do TCU. A porta que se abre para os desonestos e traidores é a do inferno. Sempre.



Aliados, mas homens de fibra
O governador mandou emissários a Gravatá para apagar o incêndio da adesão do ex-prefeito Joaquim Neto (PSDB). Aliados históricos, Luiz Prequé (PSB) e Bruno Martiniano (PTB) não aceitam dividir o palanque com o desafeto. Em alguns municípios, os aliados do Palácio engolem a seco todo tipo de bucha. Calados, o que é pior.
Joaquim Neto é um ficha suja. Fica melhor na foto ao lado de Dudu.


SEM ADESÃO
Já o prefeito de Gravatá, Ozano Brito, também do PSDB, garantiu, ontem, ao presidente estadual da legenda tucana, Evandro Avelar, que em nenhuma hipótese vai aderir ao palanque do governador. Fica com Jarbas Vasconcelos.

Dilma faz gesto agressivo, revoltada com assessores que borraram seu rosto antes de entrevista coletiva


Ontem, enquanto gravava para o seu guia eleitoral no quarto de um hotel em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, Dilma apareceu com excesso de maquiagem. Ninguém teve coragem de avisar que havia excesso de "pó de arroz" na face direita da ex-ministra. Ela, sempre adepta das teses conspiratórias, está à caça dos sabotadores que recebem para deixá-la apresentável.
Veja abaixo as transformações promovidas no rosto da candidata. A equipe que cuida do cérebro está tendo trabalho para incutir assuntos políticos e administrativos. “Ela esquece rápido e parece está em outro mundo”, lamenta um dos encarregados de melhorar o cérebro na candidata.

VEJA MUDANÇAS PROMOVOVIDAS NO VISUAL DA CANDIDATA EM MENOS DE SEIS MESES


Ibope recebe proposta para alterar pesquisa
O PT não se conforma com a independência de institutos de pesquisa. A todo custo o partido dos mensaleiros tenta estancar o ritmo de campanha de Serra, antes do início da propaganda eleitoral. O Ibope passou a ser procurado novamente por gente com sacos de Dólares, provavelmente os que vêm da Colômbia, doados pelas Farc. Da última vez, a negociação demorou quase uma semana, sem que o resultado da pesquisa fosse anunciado. O Ibope recolheu os 5% de vantagem de Serra e apresentou um empate. Desta vez, os dólares precisam aumentar para influenciar uma margem de manobra maior, pois Serra abre vantagem em Estados que antes perdia, até mesmo no Nordeste. O Ibope vai ter mais trabalho para colocar Dilma à frente.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Onda Azul: Sergipe também é Serra.


Para presidente da República, o candidato tucano, José Serra (PSDB), retoma a dianteira na intenção de votos entre sergipanos. Ele tem 36,3%, ou seja, cinco pontos à frente de Dilma Rousseff que está com 31,3%. Comparada com sondagem realizada em junho pelo Dataform, Serra cresceu 1,3 ponto e Dilma caiu 2 pontos percentuais.Os votos nulos e brancos somam 8,2%; os indecisos totalizam 6,2%; e os que não sabem ou não responderam, 7,4%. A candidata Marina Silva (PV) ficou em terceiro lugar entre o eleitorado sergipano. Na sondagem induzida, ela aparece com apenas 6,6% das intenções de voto e na espontânea com 3,3%.Só para não esquecer: o estado é governado por um petista e o presidente do PT é de lá

Sérgio Guerra quer votos em Araripina de qualquer jeito

A conversa predominante na cúpula tucana em Pernambuco é que Sérgio Guerra não anda muito satisfeito com Bringel. Esta insatisfação pode se intensificar, com possíveis negociações em torno de apoio a um candidato a senador por quem Guerra nutre ódio em níveis palestinos.
Querendo voto em Araripina de qualquer jeito, Guerra poderá mesmo fechar parceria com Dr. Divanágoras, cunhado de Valdeir Batista. Seria este o caminho mais curto para o empresário reconquistar o controle do PSDB, perdido para Bringel na eleição de prefeito.
Além de fechar as porteiras de Bringel no ninho tucano e deixá-lo dependente de Ricardo Arraes no plano estadual, Divanágoras poderá lhe tomar o direito de explorar a marca 45.
Isso é que se pode chamar de vingança.
Afirmam os patronos do desmonte que cerco está se fechando. Alardeiam que em termos percentuais já conseguiram transformar 45 em 35 e que, a partir de agora, a meta é derrubar para trinta. O número tão simbólico querem tomar depois do pleito.
Há controvérsias: também há quem diga que Bringel será derrubado no tapetão, com impugnação definitiva da candidatura.
O grito de Maia já estaria gravado, para não desafinar na hora H.
Muita especulação e pouca informação concreta. Isso sim.

Pesquisas e mais pesquisas. Votos para quem compra e paga, quase nada.

Duas pesquisas foram realizadas em Araripina e outros municípios da região. Mediu-se o potencial de votos dos candidatos a deputado estadual, governador, senador, deputado federal e presidente. Também foi aferido o poder de fogo do prefeito Lula Sampaio. Está baixo, por enquanto.
As informações que o blog colheu na capital, junto aos amigos que lidam com pesquisas, é que a coisa em Araripina está equilibrada entre os candidatos da terra, com moderada vantagem para o primeiro e empate técnico entre os segundos.
No município de Trindade o quadro se inverte entre os candidatos de Araripina. Em Ipubi aparece um 'cururu de trovoada' em primeiro e um 'batalhão' empatando tecnicamente em segundo. Em Ouricuri, há empate no topo entre um dos candidatos de Araripina e outro 'cururu de trovoada'. Lá, outro araripinense aparece em terceiro, bem atrás dos primeiros, invertendo a situação de Araripina. Em Santa Cruz, mais um araripinense aparece bem e os demais quase não aparecem.
As pesquisas foram encomendadas por deputados federais diferentes, que estão trocando informações entre si, para comparar o grau de envolvimento e transferência de votos das lideranças que foram compradas por aqui.
A decepção dos federais é feia. Há quase um choro pelas onças derramadas.
Como diz a música de Nunes Rafael, "alguém está levando lucro". A pesquisa mostra que não está sendo transferindo voto em troca desse lucro.
Além dos federais, tem mais gente se dando mal na dança de infiéis.
Também foi sondado o potencial eleitoral dos prováveis candidatos a prefeito. Aí, a oposição leva ampla vantagem. Nem parece haver disputa.

Armando Monteiro "irrigou" um adversário. Muitas onças vão rolar.

Armando Monteiro acaba de fisgar um ex-adversário de Lula Sampaio em Araripina. A conversa que vazou é que o usineiro e representante dos empresários despejou uma pequena fortuna para não ficar dependendo somente do potencial eleitoral do prefeito. Este autorizou o negócio, porque não quer medir forças com ninguém nesta eleição.
O eleitor está de boca aberta para receber o que é seu. Afinal, estão vendendo votos. Falam em coisa da ordem de 450.000,00 pelo apoio a senador, só aqui em nossa terra.
Observando na condição de contribuinte, é de se pensar demoradamente de onde sai tanto dinheiro. E aí, será que o voto vai sair? Será que o eleitor aceita ser vendido?
Quando você ouvir alguma notícia de apoio estranho a Armando Monteiro, lembre dessa postagem. Descubra por conta própria o nome daquele que vendeu o seu voto e traiu a sua confiança.
Nunca esqueça: Armando Monteiro era o deputado de Lula Sampaio e agora seu candidato a senador. Qualquer apoio que venha de outra trincheira precisa ser bem explicado ao eleitor. Afinal, nas rádios comem-se uns aos outros. Mas, na capital, traçam o mesmo litro de uísque e a mesma lagosta.

Onda Azul chega a Alagoas. Misturaram os corruputos e o povo deu o troco.


A grande polêmica da semana passada foi o jingle do Collor que canta assim: "é Lula apoiando Collor, é Collor apoiando Dilma, pelos mais carentes. É Lula apoiando Dilma, é Dilma apoiando Collor, para o bem da nossa gente. É Lula apoiando Dilma, é Dilma apoiando Collor, e os três para o bem da gente". Deu briga entre os aliados, até na Justiça.Enquanto isso, o povo alagoano mandou dizer que não quer saber de Dilma. Quer Serra presidente. Entre os alagoanos, José Serra (PSDB) tem 41% dos votos e está numericamente à frente de Dilma Rousseff (PT), que tem 37%. Em eventual 2° turno, Serra teria 44% dos votos em Alagoas. Dilma, 40%. Brancos, nulos e indecisos seriam 16%.

O resto da música de Collor ficou presa no estúdio:
O defundo PC Farias
Assasinado pelo irmão
Vai voltar feito fantasma
Pra comandar a corrupção
Novamente com o Collor
Mentiroso e ladrão
Agora sócio do PT
O câncer dessa nação.

Propaganda de Emanuel de Oliveira corre solta

A cantoria de viola corre solta na cidade. Ouve-se e deduz-se muita coisa, quase nunca o nome e o número do candidato. Por ter o nome muito associado aos eventos voltados à promoção de violeiros, Emanuel de Olivera termina saindo beneficiado para a próxima campanha. Voltando à propaganda que circula na cidade: Quando é mesmo que essa cantoria que tanto anunciam vai acontecer no SESC Ler?

FICHA LIMPA: Divanágoras mudou de ritmo e agora já fala em desenvolvimento. A música melhorou bastante de qualidade. Até propostas genéricas já apresenta. Tem ficha limpa?


João da Costa em penúltimo
O prefeito de Recife, João da Costa (PT), se saiu muito mal no levantamento realizado pela Datafolha. O petista ficou em penúltimo lugar entre as sete capitais pesquisadas.
João da Costa tem desempenho aprovado por 30% dos eleitores da cidade. 31% classificam a gestão como ruim ou péssima. Com tanto lixo e sobra de buracos o povo foi até generoso.


Dilma defende o aborto indiscriminado, com palavras

Esse aí é de Pimentel. Quem tiver o seu é só apresentar que a gente mostra.



Raimundo Pimentel começa a jogar duro. Ataca até na web, com vídeo lançado no youtube. Só aparecem imagens ao lado dos novos "amores". Tem sorte. Ninguém perde tempo montando um com os antigos 'amores'. Ou equilibrado o jogo: imagem com Jarbas, imagem com Dudu. Seria abraço além da conta. Tanto ele quanto Bringel correm esse risco. Seria o vídeo "agarra e solta, aguenta aí que a gente volta".
A música é surrada, mas supera as concorrentes.
A campanha começa a esquentar. Bringel e Divanágoras logo arranjam motivos e também lançam seus produtos na rede. Quando o fizerem, informem o link.

Pimentel: Campanha casada

Por ter pulado a cerca no tempo permitido por lei, Raimundo Pimentel agora pode casar sua propaganda com a campanha nacional. É o que está fazendo ao lado de Dilma. A chapinha de Dr. Divanágoras também pode, por não ter candidatos majoritários. Já Bringel está engessado. Só pode adesivar seus carros de som com a foto dos aliados oficiais nos planos estadual e federal. Ficar solteiro até que pode, mas o material obrigatoriamente tem que seguir a Lei Eleitoral: nome da coligação e seus candidatos, CNPJ e tudo o que exige o TSE. Já tem adversário de olho nisso na perspectiva de causar estragos financeiros e jurídicos.
Os benefícios ou prejuízos eleitorais são decisões unilaterais de cada eleitor.

Pode rir. Essa é uma contribuição de um marqueteiro famoso (e amigo) que anda mundo à fora

Uma mentira que você é obrigado a acreditar

O que direi abaixo é pura verdade. Quem garante é Eduardo Campos, o governador de Pernambuco.
Segundo o "Principe", as pesquisas dizem o seguinte:
1) Humberto Costa tem o dobro de votos de Jarbas;
2) Marco Maciel tem o dobro dos votos de Jarbas;
3) Armando Monteiro tem a mesma quantidade de votos que tem Jarbas;
4) Raul Jungmann tem metade dos votos de Jarbas;
5) Eduardo Campos tem o triplo dos votos de Jarbas;
6) Dilma Rousseff tem o dobro dos votos de Jarbas;
7) Serra tem quase o dobro dos votos de Jarbas em Pernambuco.
Quem paga leva. Foi isso aí que Eduardo Campos pagou e levou. Ele tem o direito de divulgar. Como também tem o direito de fotografar e humilhar os adversários que compra com o nosso dinheiro.
Cabe ao eleitor acreditar ou não nessas "verdades". E, mais do que isso: cabe contrariar quem compra político, quem compra pesquisa e político que se vende. Nessa e nas próximas eleições. Urna existe para isso. Cabeça existe para pensar e decidir. Quem deixa os outros decidirem por si, levando de brinde o dinheiro que deveria ser convertido em obra, é no mínimo ingênuo. Quem permite que espertahões vendam seu voto no atacado da corrupção é otário. Você é?

Boas notícias

Água - Os carros-pipa voltaram a molhar as cisternas da zona rural, depois de meses parados. Pelo menos em época de eleição o governo federal lembra que água é vida.

Salário – Fala-se sem reservas que a prefeitura vai pagar parte dos quatro meses de atraso dos servidores contratados, e pelo menos um mês dos três atrasados do pessoal efetivo. As bodegas já podem se reabastecer. Resta saber quanto sobrará na conta dos funcionários que estão com o consignado de Zé Dirceu atrasado.

“Menino de trança” buscando novos parceiros


O governador Eduardo Campos insiste em trair parceiros antigos e fiéis. Não para de buscar alento nos braços de adversários infiéis. Olha o jeito dele, se insinuando para a nova “conquista”. O eleitor vai terminar cortando suas ‘tranças’. Ele fez implante, mas nem parece. Fez o que mais, para ficar mais ao jeito do avô? Uma sugestão é colocar um charuto na boca. Mas, antes, precisa descruzar essas perninhas.


"O Príncipe"
Milhões sem banheiro
Brasil é o 9 no ‘ranking da vergonha’

O Instituto Trata Brasil divulgou ontem um estudo realizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostrando que o Brasil é o nono colocado no "ranking mundial da vergonha" dos países cuja população não tem acesso a banheiros.
São 13 milhões de brasileiros sem banheiro em casa.


Metade da população sem esgoto
Apenas 50,6% da população que vive em áreas urbanas no país têm acesso a redes de esgoto, e somente 34,6% do volume de esgoto coletado no Brasil recebem tratamento, segundo dados da pesquisa "Benefícios econômicos da expansão do saneamento brasileiro", realizada este ano pelo Instituto Trata Brasil, organizador do debate de ontem, em conjunto com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
O estudo mostra ainda que 217 mil empregados precisam se afastar do trabalho, por ano, para se tratar de problemas gastrointestinais provocados pela falta de saneamento. Cada afastamento significa a perda de 17 horas de trabalho.

O lixo de lá


Quem acredita que é só por aqui que o lixo se acumula nas ruas, principalmente nas periféricas, precisa dar uma voltinha na capital. Essa montanha aí se exibe aos fotógrafos que passarem pelo bairro da Mangabeira, Recife. Lá, o prefeito também é aliado de Eduardo Campos. Aliado ou coveiro?


Dilma gasta o tempo ensaiando para participar de debate
Supletivo - Faltando nove dias para o primeiro debate dos candidatos na TV, a ex-ministra Dilma Rousseff tem se valido de longas conversas com seus ex-colegas de Esplanada para se atualizar e juntar munição sobre temas considerados estratégicos. No fim de semana, a petista esteve com José Gomes Temporão (Saúde) e Luiz Paulo Barreto (Justiça). Também já passaram pela “sabatina” Fernando Haddad (Educação) e Guilherme Cassel (Desenvolvimento Agrário). O PT acredita que o “intensivão” turbinará o desempenho da candidata, acusada pelos adversários de fugir dos debates. As conversas com ministros de Lula também servem para fechar o plano de governo da petista.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Coordenador do Programa de Serra vem conhecer propostas de Jarbas

Cláudio Marinho é o cordenador do Programa de Governo de Jarbas. Apesar da camisa, ele não é petista.

Xico Graziano, coordenador do Programa de Governo de José Serra, estará no Recife nesta quarta-feira (28/7) para ouvir sugestões de Pernambuco e do aliado Jarbas Vasconcelos ao plano do candidato tucano para a Presidência da República. A reunião – que será comandada por Graziano e pelo coordenador do Programa de Governo de Jarbas, Claudio Marinho – será realizada no hotel Golden Tulip Recife Palace.
Xico Graziano e Claudio Marinho conversam com a Imprensa após a reunião com as equipes dos dois programas de governo. A conversa com a imprensa será às 11h, no próprio hotel.
Na avaliação de José Serra, os Estados, com suas peculiaridades, têm visões diferentes de cada área de governo e encarregou Graziano de visitar todos unidades federativas para recolher as visões de cada um sobre seu Programa de Governo.
“Pernambuco vê a Saúde de forma diferente do Paraná, assim como o Amazonas enxerga a Educação de maneira diversa da Bahia”, afirmou Graziano, “e por isso é fundamental ouvir todos.”
Xico Graziano já esteve em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Fortaleza para coletar sugestões dos Estados. Esta semana ele visita Pernambuco (28/7) e Santa Catarina (30/7). Na quinta-feira (29/7/) volta ao Rio – onde já esteve com o candidato Fernando Gabeira – para ouvir o DEM do candidato a vice Índio da Costa.
Graziano vai aproveitar as viagens para divulgar a rede Proposta Serra, criada por ele e sua equipe para recolher propostas populares ao programa de governo de Serra. Qualquer pessoa pode postar uma sugestão depois de inscrever-se no endereço www.propostaserra.com.br.
O Proposta Serra começou a operar em 12/6 e já conta com mais de 9 mil pessoas registradas. As 2.600 propostas já catalogadas estão sendo sistematizadas pela equipe e serão integradas por Graziano ao Programa de Governo de Serra.
A rede Proposta Serra é o maior sucesso da internet na campanha presidencial de 2010. Além de postar sugestões, os internautas também podem frequentar um blog para debater questões ligadas ao futuro governo e à política nacional.


Trem-bomba: olho aberto, pois o dinheiro é nosso.
De acordo com o Ibmec-RJ, supondo uma taxa de ocupação entre 40% e 50%, a tarifa do trem-bala defendido por Dilma deveria custar o dobro da que foi exigida no edital. Mas, dobrando o preço, a tarifa ficaria R$ 100 mais cara se o brasileiro optasse pelo avião. Por isso, Roberto Zentgraf, coordenador dos MBAs do Ibmec e coautor do estudo, pergunta: "É melhor investir em infraestrutura de aeroporto, para receber as pessoas que vêm para cá, em segurança ou no trem-bala?". Ou, em outras palavras, é de se questionar desde já a escolha por fazer um trem só para Dilma ao invés de acabar, de uma vez por todas, com o temor de mais um caos aéreo em plena Copa do Mundo.

Só lotado - Cálculo preliminar feito pelo Ibmec-RJ concluiu que o trem-bala da Dilma, que ligará São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro, só terá viabilidade econômica se houver lotação integral durante toda a operação, o que, no entanto, é impossível. Pelo visto, depois de dar o trem-bala para sua ungida e ficar sob ameaça de levar um processo um pouco mais gordo na Justiça Eleitoral intentado por "uma procuradora qualquer", Lula ainda pode acabar seu mandato sem o tal trem. É isso que dá inaugurar edital... ele poderia, pelo menos, ter esperado a maquete!

O trem-bala é uma estupidez. Um roubo. Um assalto aos cofres públicos. Não existe nada que justifique tal obra. A capacidade do trem-bala será de 32 milhões de passageiros por ano. Sabem quantos passageiros viajam pela ponte aérea Rio-São Paulo? Pouco mais de 4 milhões por ano. Alguém tem notícia de falta de vôos? A passagem do trem-bala está estimada em R$ 200. Sabem quanto custa a passagem aérea? Comprada com 30 dias de antecedência, hoje, pela Gol, está custando R$ 169. É ou não é uma obra estúpida, que demonstra o despreparo ou a má fé da candidata Dilma Rousseff(PT)?
Meia dúzia de cidades serão beneficiadas com o quê? Com estações para quê? Para ir ao Santuário de Aparecida? O projeto está orçado, inicialmente, em mais de R$ 30 bilhões, mas informam técnicos que deverá passar de R$ 50 bilhões. São quase 5 anos de Bolsa Família! Quantos hospitais? Quantas escolas? Quantos presídios? Quantas estradas? Quantas clínicas? O trem-bala é um assalto ao bolso de cada brasileiro.


Estratégia errada é a do PT.
Cometer crimes eleitorais em série. Usar a máquina pública de forma desavergonhada. Fazer dossiês contra o adversário. Instituir o presidente que tem "folga". Casar agenda de candidato com autoridade para mascarar ilegalidades. Abrir os cofres públicos para comprar apoios regionais. Quebrar sigilo fiscal e bancário de cidadãos. Espalhar mentiras sobre privatizações e fim de programas sociais. Cooptar sindicatos à base de centenas de milhões tirados do bolso do trabalhador. Comprar institutos de pesquisa. Enfim, com tudo isso, com toda esta corrupção desenfreada e esta senda de ilegalidades, o resultado é:
SERRA 37%
Dilma 36%


Negrito

Empresário e advogado são as ocupações mais comuns entre os candidatos
O sistema de Estatísticas do Eleitorado, disponível na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na internet, mostra que a maioria dos candidatos a cargos eletivos em 2010 é formada por empresários e advogados.
Os empresários estão no topo da lista, somando 1.858 candidatos. Já os advogados são 1.314. Aqueles que informaram ser comerciante aparecem em terceiro lugar, sendo no total 1.102 candidatos.
Entre outras ocupações informadas estão 660 médicos; 466 policiais militares; 67 bombeiros militares; 178 militares reformados; 139 policiais civis; 324 estudantes; 268 donas de casa; 136 bancários; 54 taxistas, entre outros.
Os candidatos que declararam já ocupar cargos políticos em geral somam 1.963. São 1.092 deputados; 805 vereadores; 45 senadores; 16 governadores; quatro ministros de Estado; e um prefeito.
Os dados podem ser acessados na página principal do TSE, opção Eleições 2010, Estatísticas do Eleitorado.

Propaganda: Uma tenda eletrônica atrapalhando uma cantoria. Ou será o contrário?

Pedi para sofrer. Falei aqui da propaganda incipiente dos candidatos a deputado e estou pagando o preço. Como se a cidade fosse apenas o quarteirão da ‘sede’ do blog, dois candidatos despacharam seus potentes veículos sonorizados para este lugar sagrado da imprensa independente e livre.
Um com uma tenda eletrônica ambulante; outro com uma cantoria de violeiros giratória. Não deu para saber se a tenda corria atrás da cantoria; ou se a cantoria tentava puxar a corda da tenda. Deu para sentir que o gosto é duvidoso. Quem já tem o nome feito pode dispensar a propaganda e economizar o dinheiro. Quem está começando a fazer fama pode ainda adotar outra melodia.
Um recado os moradores da redondeza pediram para mandar: mandem a propaganda para a Vila Jurema porque aqui todos já definiram o voto. Combinem para chegar em horários diferentes, para não perder o eleitor de vez.
O eleitor pode perder a paciência com essa disputa entre "ficha limpa" x "ficha suja" e votar no branco da água sanitária brilux. Que tal lavar essa roupa suja com água do Canal do Sertão? ou tratar o nervosismo com propostas para a saúde pública? Médicos, equipamentos, recursos e remédios para o HMSM.

Divanágoras planeja 'atropelar' Bringel na cúpula tucana

Há um golpe de mestre em curso. 'Vingança malígna', como diz o vampiro brasileiro Bento Carneiro. Direto ao assunto: as possibidades de o médico Divanágoras Holanda apoiar Sérgio Guerra para deputado federal são de 90%. Outros 10% vão para um remoto apoio a Bruno Araújo. Maior golpe do que esse seria impossível. Depois de jogarem o deputado às piranhas do palácio, induzindo-o a declarar apoio pelos blogs, sem sequer marcar uma audiência, agora pode vir o golpe do outro lado, fechando os acessos junto à cúpula do tucanato. Sérgio Guerra é o presidente nacional do PSDB e coordenador da campanha de Serra, provável presidente da República.
Confirmando-se o apoio de Divanágoras e Valdeir Batista a Sérgio Guerra, fecha-se o cerco. O Rancho fica sitiado, como se diz na gíria. Na esfera estadual, a depender de Ricardo Arraes, Raimundo Pimentel e Lula Sampaio; na esfera federal, a depender de Divanágoras e Valdeir Batista. Cenário terrível. Estivéssemos nós vivendo ainda a segunda guerra mundial, significaria dizer que alemães e russos se juntaram para desfilar com seus tanques blindados na Avenida Champs-Élysées ("Campos Elísios") . E que seus soldados estavam livres para escalar a Torre Eiffel, de onde poderiam, inclusive, drenar a bexiga.
O Meu Araripe avisou. Reavisou. Abusou de abordar esse tema, quando Inês ainda era viva - e não era morta. Agora parece ser tarde.

Campanha tartaruga tem motivo: processo contra Bringel

Adversários de Bringel acreditam piamente que sua candidatura será mantida impugnada pelo TSE. Tanto Raimundo Pimentel quanto Dr. Divanágoras apostam nesse desfecho. Há liderança ligada a Pimentel que aposta até o salário de todo resto de mandato como o “caceteiro” não será candidato, embora admita que o processo contra ele tem argumento frágil do ponto de vista jurídico. Carlos Maia é quem mais teme vitória de Bringel nos tribunais. Prometeu vestir saia, se isto acontecer.
Por isso, e somente por isso, a campanha não engrenou nas ruas, menos ainda nos distritos e sítios. O pouco barulho, a falta de material de qualidade e a ausência de muros pintados estaríam explicados. O próprio Bringel não avançou nas pinturas de muro nem produziu material novo para sonoras. Fez uma travessia de costas rumo ao Palácio, mas não mostrou a ‘medalha’ aos aliados. Teria feito isso na esperança de se “sustentar no pincel”, pois Eduardo Campos é vingativo e usa a Lei contra os adversários e a mesma para se esconder de aliados fiéis. Vai dar resultado? Logo saberemos.

Hipóteses mais prováveis
1) Bringel ser candidato, sustentado por uma liminar;
2) Bringel ser impugnado e não ter nome para lançar na disputa, em seu lugar.
Por lei, a substituição de candidatos se dá num mesmo partido ou coligação. Bringel é do PSDB. Seu irmão Deodato e o sobrinho Richard são filiados ao PMDB, que tem chapa distinta da do PSDB. Portanto, estes só poderão ser lançados candidatos caso haja acordo na cúpula do partido para que um postulante menos expressivo desista e seja substituído por outro filiado. Nas circunstâncias atuais, isso dificilmente ocorreria. A menos que houvesse entendimento entre as partes e anúncios complementares muito claros. Algo improvável.
Seja qual for o final dessa novela, teremos queima de fogos e muito barulho nas ruas. Uma grande carreata marcando o início da campanha.
A única diferença será vista na cor da roupa: vermelha ou amarela/azul.
Dando final feliz para Bringel, ele sairá às ruas e seus militantes passarão em frente à Rádio Arari com a saia vermelha que prometem vestir em Carlos Maia;
Dando resultado contrário ao deputado, a militância será comandada justamente por Carlos Maia, que passará em frente à Rádio Grande Serra, assumindo o papel de chicote da humanidade, de vingador da nação amarela. Insultarão Zé Silva, certamente.
Seja qual for o desfecho, passados quinze dias e curadas as feridas abertas nessa peça teatral, veremos todos se lambuzando no banquete palaciano, todos no mesmo palanque, com punição apenas aos porta-vozes dessa discórdia de fachada (falsa briga para os caciques). Estes porta-vozes, embora aguerridos, serão convidados a tirar férias prolongadas, para que o povo esqueça rápido o desenrolar dessa "ópera do malandro" que estamos cansados de assistir. A fogueira que queima assessores "ousados" já arde. Um já arde nela, sem sentir ainda a chama, ou fingindo que não sente. Não faltará aquela voz forte e sombria convocando: "O próximo". É o jogo, meu caro. Sem traumas, pois até nos velórios oferecem sopa e caldo. Os mais modernos oferecem vinho. Alguma preferência?
Araripina não merece.

Vinagre com vinagre se misturam na cidade arruinada

A vida segue. A política continua prejudicando nosso povo e melhorando a vida de alguns que dela fazem uso. Gente que até dias atrás fingia se matar agora come no mesmo prato, longe do olho atento dos eleitores. Tem militante bobo que ainda acredita em conversa furada. Em breve verão o que achavam ser água e vinho se misturando. É só água. Água suja mesmo. Nada de vinho, ou de óleo puro. Os encontros mais improváveis acontecerão. Talvez antes da eleição mesmo. Ou quem sabe logo depois, quando a tesouraria da viúva liberar os últimos cheques devidos. Em seguida virá o golpe fatal, aqui tantas vezes anunciado.

Espora fere vaqueiros da política em Serrita

Ontem, em Serrita, duas lideranças sairam com marca de espora nas pernas. Motivo banal. Ambos tentaram afastar os protagonistas da festa para tirar foto com o governador. Foi um despero só. Quase se atiraram sobre o carro que fugia com o "Prícipe", arredio com certa gente. Enquanto Eduardo Campos fazia imagens para o guia eleitoral, ao lado de vaqueiros de verdade, os vaqueiros da política tentavam derrubar os da caatinga, na disputa por uma foto que provasse algum tipo de "audiência" com o governador que deu as costas depois de anúcios de adesão. Ao entrar no carro, Dudu ironizou: "vaqueiros oferecios esses aí". Um aliado das bandas de cá, que estava na comitiva, completou: "é doença crônica".
Surgiu ruidosa gargalhada. As marcas das esporas de Serrita vão ficar para sempre. Uma tatuagem em homenagem aos trânsfugas.

Jarbas faz campanha em Canhotinho e Agrestina

O Agreste de Pernambuco voltou neste domingo a ser o alvo da campanha do senador Jarbas Vasconcelos. O candidato da coligação Pernambuco Pode Mais (PMDB-PSDB-DEM-PPS-PMN) esteve hoje (25JUL10) nas cidades de Canhotinho e Agrestina, ao lado da candidata a vice, deputada Miriam Lacerda, e do candidato ao Senado Raul Jungmann. O senador Marco Maciel foi representado pelo ex-governador Gustavo Krause (primeiro suplente de Maciel). Maciel tinha uma palestra em São Paulo.
Em Canhotinho, Jarbas fez campanha ao lado do prefeito Álvaro Porto (DEM), do deputado federal Bruno Araújo (PSDB) e do deputado estadual Eduardo Porto (PSDB). Em Agrestina, foi recebido pelo vice-prefeito Thiago Nunes (PMN) e pelo ex-prefeito de Caruaru Tony Gel (DEM), candidato a deputado estadual. Quem também esteve presente na programação de Canhotinho foi o prefeito de São Bento do Uma, Padre Aldo Mariano (PMDB).
A programação de Jarbas incluiu um comício no centro de Canhotinho e a participação numa festa organizada por Thiago Nunes na Fazenda Amapá, em Agrestina.
“Não quero voltar ao Governo do Estado por vaidade”, disse Jarbas, durante o comício realizado em Canhotinho – a primeira etapa da sua viagem ao Agreste. Mais uma vez, Jarbas destacou que Educação e formação profissional de qualidade aquela que serão as principais prioridades do seu Governo.
Jarbas disse que o atual governador teve a oportunidade de colocar Educação como a maior prioridade e não fez e isso prejudicou Pernambuco, pois o Estado precisou importar mão-de-obra para trabalhar nos grandes empreendimentos, como o Estaleiro Atlântico Sul e a Refinaria Abreu e Lima. “O atual governador sabia que esses projetos iriam precisar de pessoal qualificado”.
Jarbas Vasconcelos lembrou que foi governador com dois presidentes diferentes – Fernando Henrique Cardoso no primeiro mandato e Luiz Inácio Lula da Silva no segundo – e com ambos soube fazer parcerias. Sempre defendendo os interesses de Pernambuco.
O deputado federal Bruno Araújo disse não ter dúvidas de que o prefeito Álvaro vai levar à vitória da chapa completa da oposição, com José Serra para presidente da República, Jarbas governador, Maciel e Jungmann senadores. “Álvaro é um homem que tem lado e Canhotinho tem lembrança do que Jarbas fez pelo município”.

Vamos vencer os russos, eliminando o risco o chavismo


O Brasil conquistou ontem, pela nona vez, a Liga Mundial de Vôlei, derrubando a foice e o martelo. Na foto, 1,90 m ultrapassam 2,16 m. É o mais inteligente, o mais talentoso, o mais ágil vencendo a força bruta. No dia 3 de outubro, vamos derrubar os "russos" de novo. Viva o Brasil. Viva a democracia.
Fazendo a nossa parte agora, tanto Maia quanto Zé Silva, tanto Martinho quanto Sabino e Cleidinha, tanto Lima quanto Rivelino, todos continuarão com liberdade para expressar suas opiniões, independente do que venham produzir de efeitos. Liberdade é isso. Lutar por ela é obrigação de quem faz imprensa.

domingo, 25 de julho de 2010

Cai na rede suposta foto de Cleo Pires nua

Pode ampliar. É só clicar duas vezes.

Uma suposta foto do ensaio que Cleo Pires fez para a "Playboy" está circulando pela internet desde sábado, 24. A atriz, que e é capa da edição de aniversário da revista, em agosto, deixa à mostra uma de suas sete tatuagens, em que se lê "Live and let Die".
Segundo o blog "Revista que amamos", a foto, que será divulgada na revista "Veja" desta semana, faz parte do ensaio clicado por Jacque Dequeker. "Não foi preciso champanhe para relaxar, nem namorado para controlar. Ela estava sorridente e tranquila o tempo todo. E, sim, fez aquelas poses que o público masculino quer ver", diz o texto da "Veja", para quem Cleo teria dado a seguinte declaração: "O nu bem feito pode ser quente e classudo ao mesmo tempo".

sábado, 24 de julho de 2010

Uma crônica a mais

Já acontece tudo que eu negava que pudesse acontecer outra vez, em qualquer lugar aqui por perto. Já podemos constatar novamente que toda cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá. Nem podemos mais fazer valer a máxima de que tudo floresce na luz do conhecimento. Lições do passado para nada servem. Há os que não lêem; há os que lêem, mas nada entendem. E há os que não lêem nem aprendem com as lições do passado. A cada dia que passa, cada vez descubro mais que nada sei sobre os políticos. E menos acredito neles. Vejo com mais nitidez que com moderação e independência de pensamento podemos avançar trincheira à dentro, sempre considerando que as paixões têm ouvidos surdos, e que em toda casa tem roupa suja.
Aqui, do meu lado, continuo essa "guerra santa" contra a hopocrisia, a covardia, o servilismo e o adsesismo. Olho para os lados e quase não encontro soldados vestindo a mesma farda. Abro a caixa de comentários e descubro que existem guerreiros deste exército diminuto, mesmo que dispersos. Os bravos, eles existem!
Há exatamente doze horas, olhei para o leste e vi o sol nascendo. O procurei novamente agora, e ele já estava se pondo a oeste. Prova singela de que o tempo se encarrega de tudo. Agora é dia do outro lado. Haverá sol e claridade aqui muito em breve, outra vez. Para que isto aconteça, não preciso pagar o preço da covardia e da rendição. O homem pode até se transformar, mas não precisa ser transformista, uma metamorfose ambulante. Mesmo posto, o sol é seu. Também é meu.

Decidi não assinar nem mandar minha foto. "Carece não, dona". Vão só minhas "impressões digitais". Elas bastam.
Tu que brilha com luz própria, jamais se apagará na escuridão de outras coisas.

A todos a quem chegar a presente mensagem, meus cumprimentos. Mesmo que ela nada queira dizer ou significar.

SUGESTÃO DE ÁUDIO PARA VOCÊ LER ESTA CRÔNICA
Não sei se você, como eu, varou noites inteiras ouvindo seguidas vezes esta e outras de Pablo Milanés, descendo cuba libre como forma de protesto. Não cabe questionar se o sonho cubano seria um pesadelo. Não cabe questionar se opositores do regime de lá seriam assassinados agora, ou se definhariam numa cela sombria por serem defensores da liberdade. Fidel não nos mandou bolas de cristal de presente. Hoje defendo a liberdade de expressão para evitar pagar um preço que não devo nem deverei: o da covardia, da omissão e da rendição.
Faço hoje a minha parte como fiz no passado. Defendo a liberdade e voto por ela. Contra o risco de novas trevas, e por um Brasil melhor, sou Serra, sou Jarbas. Nunca me acovardei nem aceitei as unanimidades, por entender que todas elas são burras. A minha transformação ocorreu: foi de conceito, e contra a maré.
Até voltei a ler Sócrates nas horas vagas. Descobri com orgulho que jamais deixei de ser "a mosca". Que bom, que algumas moscas conseguem ver nascer seus primeiros cabelos brancos.

Adesistas ainda não conseguiram marcar audiência no Palácio

Quem molhou a mão por último para apoiar Eduardo Campos está enfrentando problemas para agendar uma foto ao lado do “Príncipe”. O anúncio se deu pelos blogs, antes do beija-mão. Agora é tarde. Nem o maior da turma conseguiu um encaixe na agenda palaciana. Foto não é problema: o Photoshop sempre dá um jeito. Olha o passarinho!
Lembrando Geraldo Azevedo: “Quando fevereiro chegar/Saudade já não mata a gente”. O inverno chega já e os pipas também saem da paisagem. Aí, nem foto, nem pipa, nem dignidade.

Ibope, na próxima sexta.
Na próxima sexta-feira, o Ibope divulga pesquisa para a Rede Globo, nacional e em mais 12 estados. A partir de agora, o que conta são os dois institutos, que devem apresentar resultados cada vez mais próximos. Acabou a pré-campanha inflada pela Vox Populi e pela Sensus. Podem pendurar as pranchetas, que a credibilidade será zero. Não foi por falta de aviso.
.................................................................................
Do HugoAg0g0, inventor do twitter:
"Diversão garantida. Ibope/Globo na semana que vem. Se fosse Vox Populi, já saberíamos do resultado hoje."

Voto de federal: orégano em pizza

Este é um ano em que as lideranças que se dizem maiores de Araripina terão mesmo que mostrar força política. Os vereadores não se alinharam com os chefes dos grupos, exceto os quatro que apóiam Bringel.
Senão, vejamos: Maria Augusta apóia Roberto Teixeira; Leonardo Farias e João Dias apóiam Gonzaga Patriota; Aurismar, Carlos Pracheles e Evilásio apóiam Wolney Queiroz; e os quatro de oposição apóiam Dudu da Fonte. Contudo, não há um só suplente de expressão eleitoral alinhado com os chefes. Os vereadores estão sós na árdua missão de visitar o eleitor e explicar as razões da visita. Assim, tanto o prefeito quanto Bringel exercitarão seus neurônios para promover movimentos nas bases, a fim de levar o eleitor até as urnas para votar em seus escolhidos.
Da mesma forma, os vereadores que fizeram suas opções descasando do grupo, terão que arregaçar as mangas. O eleitor está dando de ombros. Pelo menos por enquanto.

Lula Sampaio começa a cobrar apoio para Pimentel

Surgem os primeiros sinais de que o prefeito Lula Sampaio entrou na campanha em curso. Várias fontes confirmam que o chefe do poder executivo municipal está convocando a tropa e pedido empenho em torno da candidatura de Raimundo Pimentel. Gente com portaria ou contrato, com carro ou prédio alugado está entendendo o recado e já começa a procurar adesivo do deputado. O bicho começa a pegar. Aqueles que já tinham declarado apoio a Dr. Divanágoras estão inquietos.

Jarbas lança site de campanha

O candidato a governador pela oposição, Jarbas Vasconcelos, lançou seu site oficial de campanha, a partir de onde se comunicará com o eleitor, inclusive recebendo sugestões.
Para acessar clique aqui

A frase vai para....

"Assim, porque és morno e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca" ... O eleitor segue o ensinamento bíblico de Matheus, Brasil à fora, varrendo através do voto os políticos que não se definem, ou que fingem se definir.
Prova mais cabal acontece em Minas Gerais. Enquanto lá, na terra natal de Dilma Roussef, José Serra ganha da petista, segundo a pesquisa Datafolha, o candidato de Aécio Neves perde para Hélio Costa, que tem 44%. Anastasia tem apenas 18% dos votos no estado que governa, contra 38% de José Serra para presidente.
Entenderam alguma coisa? É simples: o eleitor mineiro percebeu que Aécio e Anastásia fazem campanha de covarde e deu o troco. Apoia para presidente o tucano José Serra e para governador o peemedebista Hélio Costa. Tudo ao contrário do que planejavam os mritas de Minas. Agora o jogo se inveteu: Aécio e Anastásia serão obrigados a pegar carona na candidatura de Serra para não perderem o governo do Estado. O povo fez como Matheus: "Porque és morno e não és frio ou quente"... Quem não sair do muro e ficar quente vai para a forca em outubro.
Vale para deputado também.

Datafolha: Serra à frente de Dilma

A Super Datafolha apresentou o mesmo resultado do IBOPE de duas semanas atrás: Serra com 37% e Dilma com 36%, seguidos de Marina, que está com 10%.
Pesquisa ainda não quer dizer nada, embora Serra esteja estabilizado na dianteira a muitos anos. Acabo de ouvir duas mães dizendo que só votam (votavam) em Dilma porque ouviu dizer que Serra vai acabar o Bolsa Família. Informei que Serra criou e vai ampliar o programa. Serra ganhou dois votos, porque ambas não toleram o jeito arrogante de Dilma. Essa é a chave. Ninguém gosta de Dilma ou do PT. gosta dos programas que Serra criou e o PT se apoderou, com propaganda enganosa.

A PESQUISA NOS ESTADOS
A pesquisa mostra que, em Minas Gerais, terra NATAL de Dilma e segundo colégio eleitoral do país, Serra tem 38% das intenções de voto, contra 35% de Dilma.Em São Paulo, que concentra 22% do eleitorado, Serra tem 14 pontos a mais que sua adversária: 44% das intenções de voto, contra 30% da petista.Dilma leva vantagem no Rio de Janeiro, terceiro maior colégio eleitoral. A petista tem 37% das intenções de voto entre os fluminenses, contra 31% do tucano.A maior vantagem de Serra é no Paraná, onde o tucano tem 45% das intenções de voto, e a petista, 30%.No Rio Grande do Sul, 46% dos eleitores declaram voto em Serra, e 34%, em Dilma.A vantagem se inverte no Nordeste. Na Bahia, quarto maior colégio eleitoral, Dilma tem 43%, e Serra, 32%.Em Pernambuco, a petista aparece com 46%, e o tucano, com 36%. No Distrito Federal, a vantagem também é de Dilma: 36% contra 27% de Serra.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Campanha ganha a rede. No Youtube, governo Eduardo é comparado a tartaruga e slogam vira É devagar



Exemplos do É Tartaruga no Araripe:
1) Não conseguiu colocar água nem a licença ambiental para a Fábrica de Fécula funcionar;
2) Não conseguiu fazer funcionar a Central de Mel de Araripina;
3) Não conseguiu funcionar a Central de Mel de Trindade;
4) Não conseguiu concluir a Avenida principal iniciada por Jarbas/Mendonça, que apoiaram a prefeitura;
5) Não conseguiu fazer funcionar uma pequena fábrica de farinha que a Chesf ajudou a construir no Sítio Saco da Gato;
6) Não implantou o Corpo de Bombeiros anunciado por Mendonça Filho;
7) Retirou de Araripina a Companhia Independente de Polícia que funcionaria no Hotel Pousada do Araripe;
8) Deixou o aeroporto sem estrada e sem iluminação, sem condições de pousos e decolagens noturnos;
8) Assinou atestado de burrice, ao transferir para um consórcio sem experiência nem "vida" a gestão da saúde, obrigando o cidadão de Araripina a se desolcar até Ouricuri em busca de médicos que não existem.

Parodiando Tiririca: "Não fez nada, não fez nada, não fez nada, não fez nada!"

Jarbas cobra agilidade na conclusão de obras que iniciou


Em entrevista à Rádio Olinda na manhã de hoje, o candidato a governador Jarbas Vasconcelos (PMDB) disse que o adversário Eduardo Campos (PSB) “talvez” não tenha competência e sensibilidade para concluir obras que estão paradas ou em andamento no Estado, de acordo com o portal do Diario de Pernambuco.com.br

Em pouco mais de quinze minutos, o peemedebista enfatizou várias vezes que o socialista e candidato à reeleição, não teve forças para cobrar agilidade do governo Lula na execução de obras estruturadoras.

Como exemplo, Jarbas citou os atrasos na construção da Refinaria Abreu e Lima, da Transposição do Rio São Francisco, do Estaleiro Atlântico Sul e na recuperação de rodovias federais. “Só que o governador não tem, talvez, a competência, a sensibilidade, não trabalhe em equipe pra impulsionar o Estado. Não tem obra estruturadora no Estado. Ele não vai lá peitar o governo federal para que o governo tenha agilidade nas obras de Pernambuco”.

Suposta filha de Alencar se diz decepcionada com vice-presidente


A professora aposentada Rosemary Morais, 56 anos, disse que sua mãe, Francisca Nicoline de Morais, morta há sete meses, queria obter o reconhecimento da paternidade da filha pelo vice-presidente José Alencar “por uma questão de honra”. Nesta quarta (21), um juiz determinou que Alencar reconheça a paternidade de Rosemary, mãe de um filho, Gladston Morais, 26 anos. O advogado do vice-presidente informou que vai recorrer da decisão.

“Na época que era viva, minha mãe queria que resolvesse mais por questão de honra, para provar que ela falava a verdade”, afirmou. Rosemary conta que, há 14 anos, sua mãe ficou doente e decidiu contar sobre a identidade do pai. Segundo ela, Francisca mostrou a foto de um dos filhos de Alencar em um jornal e disse: “Este é seu irmão, filha”. “Ela me perguntou se eu reconhecia o rapaz e eu disse que não. Nunca tinha ouvido falar do Alencar antes desse dia”, lembrou a professora.

Segundo a professora, a mãe era enfermeira em Caratinga e teve um relacionamento com Alencar no início da década de 50. “Por ela ser muito humilde, ele [Alencar] deixou minha mãe de lado, não deu importância para a gravidez. Ela contava que ele não era de ficar presenteando. Ia na casa dela, dormia e no dia seguinte ia trabalhar. Não era um namoro de apaixonado. Era um caso apenas”, conta a professora aposentada.

FUGINDO DAS VAIAS: Comício só para políticos

Depois de fiasco no comício de abertura da campanha no Rio de Janeiro, PT tentou fazer grande ato em Garanhuns, aprovetando público jovem que iria para show. Mas desistiu, temendo vaias. Decisão foi fazer ato em recinto fechado.

O ato político pelas candidaturas de Dilma Rousseff (PT) e Eduardo Campos (PSB) preparado pela Frente Popular de Pernambuco, começa às 19h com a participação "mais do que especial" do presidente Lula e terá duração de, no mínimo, duas horas. Estão sendo esperadas cerca de mil lideranças na quadra do Colégio Monsenhor Adelmar, no centro da cidade.

O eleitor ficará de fora. O evento será restrito apenas para as lideranças. Nada mais do que prefeitos que compõem a base de Eduardo, vice-prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais, estarão por lá. Toda a estrutura de palco, som e iluminação utilizada amanhã foi providenciada pela campanha de Dilma. O espaço, que já conta com uma arquibancada, recebeu reforço de duas mil cadeiras.

A Dama do saco de dinheiro. Vai ser 30 por dia de bandeira.

Vem por aí uma mulher de poucos serviços prestados, mas com muito dinheiro para gastar com o eleitor carente. Chama-se Ana Arraes. É mãe do atual governador de Pernambuco e, embora nada faça pela região, quer votos a qualquer custo na terra da farinha e do gesso.
A militância que balança bandeiras já sabe quanto vai cobrar por dia: 30 Reais, o mesmo preço que o PT paga em Recife. Mais lanche e vale moto-taxi.
Já o voto é outra coisa a discutir com o eleitor. É produto que o eleitor não entregra. Quem entende do riscado já está de olho e manda avisar: "Ninguém receba lá na capital 30 Reais por cada dia de bandeirista e venha aqui dividir por dois", adverte um "profisional" do setor que sabe das coisas. Ele vai mais longe: tem gente que recebe dinheiro do candidato a presidente, do candidato a senador, do candidato a governador, do deputado federal e do deputado estadual, mas só paga a metade do deputado federal.

Uma vez terrorista, sempre terrorista

Ela é a responsável pela quebra do sigilo fiscal de adversários. Quando não usa pistolas e bombas, usa armas do Estado na tentativa de intimidar adversários. Uma espécie de Hugo Chaves de saia.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Igreja continua pregando voto contra Dilma

Não dêem seu voto à Senhora Dilma Rousseff": artigo continua em destaque no site da diocese.


DIZ A IGREJA, EM SEU SITE: A atual conjuntura política o Partido dos Trabalhadores (PT) através de seu IIIº e IVº Congressos Nacionais (2007 e 2010 respectivamente), ratificando o 3º Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH3) através da punição dos deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso, por serem defensores da vida, se posicionou pública e abertamente a favor da legalização do aborto, contra os valores da família e contra a liberdade de consciência.
Isto posto, recomendamos a todos verdadeiros cristãos a que não dêem seu voto à Senhora Dilma Rousseff e demais candidatos que aprovam tais “liberações”, independentemente do partido a que pertençam.
Dilma calculou mal: achava que a igreja estava também dominada e comprada, como a imprensa que recebe dinheiro público para silenciar diante de aberrações até piores.

Dilma foge de vaia em Garanhuns

O PT e o governador Eduardo Campos tentaram programar um comício em Garanhuns, para aproveitar a visita do presidente Lula a Caetés. Tantaram. Não conseguiram, pois a candiata está saturada de fiascos de público e temendo vaias na terra natal do presidente, lugar administrado por um aliado muito desgastado.
Já havia previsão de ruidosa vaia, amplamente divulgada nos arredores de Garanhuns. O público jovem é bastante intolerante com políticos que usam o dinheiro público para se promover. Em Garanhuns está acontecendo o Festival do Inverno. O PT de Pernambuco e o governador queriam pegar carona, para apresentar os festeiros como se eleitores seus fossem.
Decepção geral. A agenda de Dilma não tem previsão de ousar o corpo-a-corpo. Depois do evento em quadra fechada reservada a políticos, a petista segue com Lula e Eduardo para o camarote do governo na praça Guadalajara, onde assistirá ao festival de Inverno. Ainda corre o risco de ser vaiada, caso o prefeito de lá também apareça.

Pimentel segura propaganda. Vem profissionalizado?


Dois candidatos colocaram a boca no trombone e começaram a gastar gasolina, com diversos carros-de-som tentando sensibilizar a população.
Dr. Divanágoras se diz candidato ficha limpa e pede ao eleitor para refletir. As músicas escolhidas para paródia são de gosto discutível. Está apostando muito no voto consciente e nos honestos, puros, sem mácula. Nenhuma defesa do Araripe; nenhuma reprimenda ao governo. Também não pede voto para governador, deputado federal, senador nem presidente. É candidato solteiro, portanto. Esmagável? A conferir.
Bringel reaproveitou sem retoques as paródias da eleição passada. Economizou o quanto possível. Aposta que o forró estilizado não envelhece. Não faz nenhum discurso específico, uma proposta nova, uma reprimenda ao governo. Está acreditando que o eleitor já tem intimidade suficiente para chegar à urna e depositar novo voto de confiança. Nenhuma defesa do Araripe; nenhuma reprimenda ao governo. Também não pede voto para governador, deputado federal, senador nem presidente. Candidato solteiro. Por enquanto, nem de oposição, nem de situação. Esmagável? A conferir também.
Raimundo Pimentel, aparentemente, vem demonstrando ser o “malaca” dos três. Dizem que está anotando os erros, vendo as lacunas para depois preencher. Para quem analisa, é um caso a adivinhar, dado que não colocou a cara. Não pregou sequer o número, que é novo.
Não se trata tão somente de avaliar se ele (Pimentel) vem logo agora (sábado), ou mais adiante (um pouco). O importante para seus adversários mais apressados não é descobrir quando, mas como vem a propaganda do novo socialista.
Ele vem com profissionalismo por trás da propaganda e de toda campanha?
Vem com material vistoso, impactante, impressionante?
Vem também solteiro, sem federal, sem governador, sem senador e sem presidente?
O Meu Araripe duvida que alguma resposta seja sim.
Vem profissional, vem colado em Eduardo, em Volney(?) em Humberto, em Armando e em Dilma.
Vai lucrar com isso ou vai perder?
Vai lucrar e muito. Ninguém lembra mais que ele aderiu, ou pulou a cerca. Ele foi pulador apressado. Pimentel vai mostrar que tem grupo e que respeita tanto seus líderes quanto a militância.
Vai também colar no prefeito Lula Sampaio? Claro que vai. Ele não luta para ser o majoritário na cidade. Quer apenas repetir a votação que obteve na eleição passada.
Para falar em ser majoritário, ou querer ser majoritário, devemos falar em Jarbas Vasconcelos. Este sim quer sair majoritário em Araripina e na maioria das cidades em que tem prefeitos apoiando o governador. Como? Simples assim: quem apóia o prefeito vota em Eduardo; quem não apóia o prefeito vota em Jarbas Vasconcelos. A cantiga é essa em qualquer lugar que existe prefeito com govorno e alguém de oposição com Jarbas.
Tema intrigante, esse: até agora, quem colocou a cara na rua não disse em quem vota. Só quer ser votado. Esquece que o eleitor é mais observador do que os políticos pensam. A militância jovem, mais atenta ainda. E crítica, acima de tudo.
Voltando à propaganda dos nossos candidatos a deputado.
Não seria o caso dos apressados enviarem um “Agente 007” para descobrir o que Raimundo Pimentel está preparando? Ou, por prudência, esperar um pouco para não ser confrontado com algo assombrosamente superior? Ou, no mínimo, medir o impacto junto ao eleitor daquilo que já depositou no ouvido das massas? Pesquisar é saber mais.
O barulho todos já ouviram. Resta saber qual a estratégia de cada um. Aí são outros duzentos descobrir. Será?


Confusão em Alegoas: Dilma declara que está com Collor
Ronaldo Lessa (PDT), candidato ao governo de Alagoas com o apoio do PT, PCdoB e PMDB, já andava irado por não ter conseguido que a Justiça Eleitoral vetasse o jingle de campanha do ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTB), um de seus adversários na disputa, que faz referência a Lula e Dilma.
Agora está subindo pelas paredes.
É que na sabatina ao Portal R7, Dilma disse que não vê problemas em apoiar e ser apoiada pelo o ex-presidente Fernando Collor.
- Essa não é a questão fundamental, disse a candidata do PT.
Ronaldo Lessa, que afirma que só se lançou na disputa por causa de um apelo do presidente Lula, não gostou do que ouviu da boca de Dilma.
O homem está cuspindo fogo. No segundo turno acerta as contas com o PT, de um jeito ou de outro. Palanque duplo à vista para Serra nas Alagoas.
No Ceará, onde Lúcio Alcantra também se lançou na esperança, espera o mesmo apoio dado a Cid Gomes. Terá? Se conseguir, no segundo turno Cid e o irmão Ciro se juntam aos tucanos liderados por Tasso, passando a apoiar Serra. O mesmo fará Lúcio, se não receber do PT apoio agora.
Como todos sabem, niguém serve a dois senhores.


BAND e Vox Populi pedem voto para Dilma dizendo que fazem pesquisa
A Band quis saber em quem os gaúchos votarão para governador, senador e presidente.
O editor conferiu a bateria de perguntas inscritas no TSE (leia no link) e percebeu os pesauisadores pedem voto para Dilma a partir de duas séries de perguntas que acompanham a entrevista. A mais grave bateria é a que tenta saber qual o melhor programa do governo Lula, apresentando cinco deles: Luz para Todos, Minha casa e Minha Vida, Bolsa Família, ProUni e PAC.
Não é apenas porque dois dos programas são continuidade do governo FHC, como o Luz para Todos e o Bolsa Família.
Pior ainda: Vox Populi e Band passam a perguntar ao entrevistado qual dos candidatos manterá o programa por ele escolhido, referindo-se expressamente a Dilma logo na primeira pergunta, assim:

1 – Só Dilma manteria esse programa;

2 - Serra, Marina ou qualquer outro que vencesse manteria o programa, mas Dilma daria maior prioridade;

3) Qualquer candidato que vencesse manteria o programa com a mesma prioridade.
Perguntar não desmascara: você ainda acredita em pesquisa eleitoral?
Uma dessas deve apresentar Dilma com 25% de frente. Ou mais.

Igreja prega voto contra Dilma, por esta ser favorável ao aborto

Alheio à recomendação da Igreja Católica de manter neutralidade na campanha eleitoral, o bispo de Guarulhos, d. Luiz Gonzaga Bergonzini, prega boicote à candidatura de Dilma Rousseff à Presidência da República por considerar o PT favorável à descriminalização do aborto. Em artigo intitulado "Dai a César o que é de César e a Deus o que é Deus", publicado no site oficial da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), d. Bergonzini evoca deliberações dos congressos nacionais petistas de 2007 e 2010 e o 3º Plano Nacional dos Direitos Humanos para classificar o partido como "contrário aos valores da família".

Índio da Costa liga PT às FARC e esta ao Comando Vermelho

O vice de Serra é muito corajoso: enfrenta até o crime organizado.
O deputado Indio da Costa (DEM-RJ) provou que tem coragem de mamar em onça. Candidato a vice-presidente na chapa de José Serra (PSDB), ligou indiretamente ontem o Comando Vermelho, maior facção criminosa do Rio, ao PT, aumentando a polêmica criada em torno de suas declarações. Indio, que acompanhou Serra em visita ao Rio, afirmou existirem "vários indícios de ligação do Comando Vermelho com as Farc".

"A gente vive aqui no Rio de Janeiro, no meio de uma guerrilha urbana alucinada por conta do narcotráfico. Veja só: PT e as Farc. As Farc e o narcotráfico. O narcotráfico e o Rio de Janeiro, o Comando Vermelho, com indícios muito claros de relacionamento. Agora ela [Dilma] tem que dizer o que ela acha. Se ela acha que tem problema ou não essa relação."

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Equipe de TV ouve críticas a Eduardo Campos

Equipe de TV que colhe imagens para o guia eleitoral estava filmando o Centro Tecnológico de Araripina, quando foi abordada por uma pessoa desconhecida, que exclamou:
- "Pare de filmar isso aí que Eduardo não fez nada! Quem fez o Centro Tecnológico foi Jarbas!
E também não filme esse Pelotão de Polícia que o avô de Eduardo deixou cair e foi Jarbas quem recuperou. E também não filme essa Escola Manoel Bonifácio que também foi Jarbas quem recuperou. Nem o Ministério Público que foi Jarbas quem recuperou".
Os três prédios ficam em quatro esquinas separadas por uma única praça.
A equipe de TV ficou parada, sem reposicionar a câmera.
Foi quando o eleitor indagou:
- "Quer ouvir a música que Tiririca fez pra Eduardo?"
Sem esperar a resposta começou a cantar:
-" Eduardo não fez nada
Não fez nada, não fez nada
Eduardo não fez nada
Não fez nada, não fez nada".
Interrompido por outro curioso que já estava no lugar, ouviu algo que gostou:
- Essa equipe aí tá filmando pra Jarbas.
Já sorrindo o "gaiato" respirou aliviado e deu a dica:
- "Então filma a adutora do oeste, a estrada do Crato, o Ceru e as outras escolas, energia rural e tudo que tiver pela frente que foi Jarbas quem fez".
Deu as costas, rebolou as cadeiras e saiu cantando outra vez:
- "Eduardo não fez nada,
Não fez nada, não fez nada
Não fez nada
Eduardo não fez nada".


DEBATE NA INTERNET: Serra e Marina confirmam presença, Dilma não.
Os presidenciáveis José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV), já confirmaram presença no debate on-line organizado pelos portais iG, MSN, Terra e Yahoo. O evento será transmitido ao vivo no dia 26 de julho, às 15 horas. Foram convidados os presidenciáveis que apresentaram mais de 5% da intenção de votos, segundo a pesquisa Ibope, no mês de junho. A candidata do PT à presidência, Dilma Rousseff ainda não confirmou participação.


Vídeo oficial da visita de Serra e Jarbas a Caruaru e Gravatá é lançado na rede



Indio da Costa deu mais declarações. A imprensa está com medo de publicar?
Indio da Costa(DEM), o vice de Serra, declarou que ainda não viu declarações nos jornais e revistas da candidata do PT, Dilma Rousseff, sobre o suposto envolvimento do PT com as Farc, as Forças Revolucionarias da Colômbia. “A Dilma é que tem que responder se o PT tem ligação ou não com as Farc. Não entrei na política para falar meias palavras. O que eu fiz foi falar aquilo que todo mundo sabe”, disse o candidato.

Serra em Exu dia 1 de agosto. De novo.

José Serra voltará a Exu outra vez. Esteve lá há poucos meses. Mas quer vir ao lado de Jarbas e de Raul Henry, patronos da causa do Museu do Gonzagão. Provavelmente será anunciado um Museu para juntar todo o acervo de Luis Gonzaga, com finalidade não só histórica mas também turística.
No governo Eduardo Campos, a história de Luis Gonzaga foi tratada como se o nosso Rei fosse um compositor e promotor de fanck dos morros cariocas.
Em Pernambvuco, a agenda de Serra é atrelada a de Jarbas até nas vírgulas.
É provável que Sérgio Guerra também venha, como presidente nacional do partido. Se houver vaga no avião, claro. Fica longe par vchegar de carro, como ocorreu em Caruaru. Por falar em Sérgio Guerra, ele é candidato a deputado 'estadual'.

ONDA AZUL: Dilma não atinge sequer 50% na única região que esperava vencer com folga


Em 2006, Lula fez 71% dos votos no Ceará, contra 23% de Geraldo Alckmin. Abriu uma vantagem de 1,9 milhões de votos no primeiro turno. O Datafolha acaba de publicar uma pesquisa no estado. Dilma Rousseff(PT) tem 41% contra 28% de José Serra(PSDB). Em votos válidos, isto representa pouco mais de 550 mil votos de vantagem, uma vitória de Pirro, um prejuízo enorme em uma região que é amplamente lulista. Por todas as pesquisas regionais, que apontam uma ampliação da diferença a favor de Serra no Sul, Sudeste e Centro-Oeste e uma diminuição da diferença no Nordeste e Norte, a Super Datafolha deve trazer o tucano à frente, com 5% de vantagem, considerando-se uma margem de erro de 2%.
Alguma coisa muito estranha acontece. Nem mesmo os blogueiros comprados pelo PT estão mais falando daquela tal pesquisa interna. Embora todos saibam que o Sensus e o Vox Populi, por muito dinheiro, fazem qualquer serviço (sujo).
Deve-se levar em conta que ainda não houve um só debate na TV, quando se espera serviço gratuito de tradutor para entender o que dona Dilma vai dizer.


Imprensa varre sujeira do PT com as FARC para debaixo do tapete.
Os grandes jornais simplesmente retiraram do noticiário a afirmação de que o PT tem conexões com a narcoguerrilha das FARC. Nem os zelosos colunistas chapa-branca aprofundaram o tema, nem que fosse para bater em Indio da Costa(DEM), o vice do Serra que trouxe à tona o "delicado" assunto. Abortar, em vez de abordar, foi a ordem nas redações, ao que parece. No momento em que apareceram provas robustas, documentais, em áudio e vídeo, a imprensa, em vez de investigar, deu para trás. É o medo e a vergonha de investigar o Foro de São Paulo, criado por Lula a mando de Fidel Castro, cujas atas mostram muito bem o que foi feito na América Latina, nos últimos 20 anos. A imprensa brasileira é covarde, com raras exceções. E uma imprensa covarde corre o risco de ser manietada, como está ocorrendo na Venezuela do Hugo Chávez.